Em quais situações posso sacar a grana do FGTS?
Benefícios

Em quais situações posso sacar a grana do FGTS?

Dúvidas frequentes do INSS

Em quais situações posso sacar a grana do FGTS? Na reportagem da série ‘Minha Grana’, o especialista explica como funciona e quando podemos resgatar o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

O Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, mais conhecido como FGTS, é o tema desta reportagem da série “Minha Grana”, produzida pela RPC Foz do Iguaçu. As reportagens explicam como funcionam as ferramentas da economia.

Como funciona?

Na prática, o FGTS é uma reserva de emergência do trabalhador. Quem paga é a empresa em que trabalha.

Todo mês o empregador deposita 8% do salário do funcionário em uma conta da Caixa Econômica Federal. Não é descontado do salário e é obrigatório, mas apenas os trabalhadores de carteira assinada, empregados domésticos e atletas profissionais possuem o direito e acesso ao FGTS.

Quem administra o dinheiro é o Governo Federal. Caso não saque, a quantia pode render 3% ao ano, mais juros, mais o lucro que o governo tem com esse dinheiro, uma vez que ele não fica parado.

O Governo utiliza esse fundo para projetos de infraestrutura e de habitação popular.

Quando sacar o FGTS?

  • Rescisão do contrato de trabalho por demissão sem justa causa;
  • Acesso a financiamentos e quitações de crédito imobiliário;
  • Situações de doenças graves ou estado de calamidade;

Mas, se o profissional não precisa se enquadra em nenhuma dessas situações, o dinheiro vai acumulando ao longo da carreira.

Caso fique desempregado por algum tempo, a pessoa pode utilizar o FGTS como uma fonte de reserva para manter o padrão de consumo enquanto busca um novo emprego. Fonte: G1

To Top