Após ser criticado por Moro, grupo Prerrogativas desafia ex-juiz para debate público
Últimas Notícias

Após ser criticado por Moro, grupo Prerrogativas desafia ex-juiz para debate público

portalmixvalegoogle

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Após ser criticado por Sergio Moro (Podemos) em redes sociais e numa entrevista à revista Veja nesta sexta-feira (14), o grupo Prerrogativas, que reúne advogados e profissionais do direito, diz que desafia o ex-juiz e ex-ministro para um debate público.

“Estamos convidando o ex-juiz Moro para um debate público sobre o sistema de Justiça. Queremos saber se ele tem coragem e espírito público para aceitar”, diz o advogado Marco Aurélio de Carvalho, coordenador do grupo.

Nesta sexta (14), Moro postou em uma rede social uma crítica a uma fala do advogado Antonio Claudio Mariz de Oliveira, membro do grupo.

“Leio na Folha que o líder do clube dos advogados pela impunidade (‘o crime já aconteceu, o que adianta punir?’) é contra o meu projeto de reforma da Justiça. Pelo jeito, estamos mesmo fazendo a coisa certa já que os advogados de corruptos são contra”, afirmou.

Além disso, à Veja, Moro acusou o grupo de “trabalhar pela impunidade de corruptos”. “Esses mesmos advogados se arvoram de alguma espécie de ética, de alguma espécie de superioridade moral em relação ao Ministério Público e em relação aos juízes que participaram desses casos. No fundo a vergonha está neles”, disse.

O Prerrogativas, que começou como um grupo de WhatsApp, se tornou um dos principais antagonistas hoje da Lava Jato e da candidatura de Moro.

O grupo tem adotado como prática polarizar com o ex-juiz e responder a diversas de suas declarações, como a que sugere uma revisão no sistema judicial.

No final do ano passado, o Prerrogativas organizou o jantar em São Paulo que reuniu o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o ex-governador Geraldo Alckmin (ex-tucano), que poderão formar chapa para a eleição presidencial.

To Top