Prefeitura de São Paulo inicia na segunda (17) a vacinação de crianças contra Covid
Últimas Notícias

Prefeitura de São Paulo inicia na segunda (17) a vacinação de crianças contra Covid

portalmixvalegoogle

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – A capital paulista dará início, na segunda-feira (17), às 8h, a vacinação contra a Covid-19 de crianças entre 5 e 11 anos. A Secretaria Municipal da Saúde fará a distribuição das 64.090 doses da Pfizer infantil até este sábado (15).

Na primeira fase da campanha serão priorizadas as que possuem comorbidades, deficiência e as indígenas aldeadas.

Os pais deverão procurar as UBS (Unidades Básicas de Saúde), de segunda à sexta-feira, das 7h às 19h, aos sábados, das 8h às 17h, e nas AMAs (Assistências Médicas Ambulatoriais)/UBS Integradas, das 7h às 19h.

Aos domingos, a vacinação ocorrerá das 8h às 16h nas farmácias parceiras da avenida Paulista, nos números 2.371 e 266. A cada final de semana a programação poderá ser alterada.

Segundo o governo estadual, o pré-cadastro não será obrigatório, mas quem optar por fazê-lo basta acessar o site do VacinaJá, clicar no botão “Crianças até 11 anos” e preencher o formulário online.

As crianças deverão estar acompanhas por um responsável maior de 18 anos e apresentar documento de identificação (preferencialmente CPF), comprovante de endereço no nome dos pais ou responsáveis (exceto para a população aldeada) e carteirinha de vacinação. Na falta do CPF, será aceito o RG ou a certidão de nascimento.

Além disso, será necessário o comprovante de condição de risco para os comórbidos –exames, receitas, relatório ou prescrição médica físicos ou digitais, contendo o CRM do médico e com até dois anos de emissão.

A deficiência poderá ser comprovada com laudo médico, cartão de gratuidade no transporte público, documentos comprobatórios de atendimento em centros de reabilitação ou unidades especializadas, ou documento oficial de identidade com a indicação da deficiência.

O estado de São Paulo iniciou a vacinação das crianças no Hospital das Clínicas, região central da capital. O primeiro contemplado foi Davi Seremramiwe Xavante, de 8 anos. Ele vai ao HC periodicamente para um tratamento de saúde.

To Top