Benefícios

INSS e IR: Confira como ficam os salários com os novos descontos mensais

portalmixvalegoogle

INSS e IR: Confira como ficam os salários com os novos descontos mensais A nova tabela de contribuição à Previdência, publicada pelo governo federal nesta quinta (20), vai mudar o valor dos descontos aplicados nos salários dos trabalhadores com carteira assinada em 2022. As novas faixas terão impacto sobre os salários referentes a janeiro, que costumam ser pagos no início de fevereiro.

As remunerações dos trabalhadores formais têm o desconto do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) e, depois, do IR (Imposto de Renda). Como a tabela do IR não foi corrigida pela inflação, o trabalhador terá um desconto maior em seus rendimentos por mais um ano.

Os trabalhadores podem conferir abaixo quanto receberão de salário e quais serão os valores dos descontos da contribuição e do IR, se for o caso. Os cálculos exclusivos foram elaborados pelo advogado Wagner Souza, do escritório Roberto de Carvalho Santos Advogados Associados.

Como fica seu salário com os novos descontos

SalárioContribuição previdenciáriaImposto de RendaTotal de descontosAlíquota efetiva (contribuição previdenciária)Alíquota efetiva (Imposto de Renda)Percentual total de descontos (IR + INSS)Salário final após descontos
R$ 1.212,00R$ 90,90R$ –R$ 90,907,507,5R$ 1.121,10
R$ 1.500,00R$ 116,82R$ –R$ 116,827,7907,79R$ 1.383,18
R$ 2.000,00R$ 161,82R$ –R$ 161,828,0908,09R$ 1.838,18
R$ 2.500,00R$ 209,00R$ 29,02R$ 238,028,361,169,52R$ 2.261,98
R$ 3.000,00R$ 269,00R$ 62,02R$ 331,028,972,0711,03R$ 2.668,98
R$ 3.500,00R$ 329,00R$ 120,85R$ 449,859,43,4512,85R$ 3.050,15
R$ 4.000,00R$ 396,18R$ 185,77R$ 581,959,94,6414,55R$ 3.418,05
R$ 4.500,00R$ 466,18R$ 271,48R$ 737,6610,366,0316,39R$ 3.762,34
R$ 5.000,00R$ 536,18R$ 368,23R$ 904,4110,727,3618,09R$ 4.095,59
R$ 5.500,00R$ 606,18R$ 476,44R$ 1.082,6211,028,6619,68R$ 4.417,38
R$ 6.000,00R$ 676,18R$ 594,69R$ 1.270,8711,279,9121,18R$ 4.729,13
R$ 6.500,00R$ 746,18R$ 712,94R$ 1.459,1211,4810,9722,45R$ 5.040,88
R$ 7.000,00R$ 816,18R$ 831,19R$ 1.647,3711,6611,8723,53R$ 5.352,63
R$ 7.087,22R$ 828,39R$ 851,81R$ 1.680,2011,6912,0223,71R$ 5.407,02

Um trabalhador que recebe R$ 7.000, por exemplo, pagará uma contribuição de R$ 816,18 ao INSS. O Imposto de Renda será de R$ 831,19, totalizando R$ 1.647,37 em descontos. O salário líquido, nesse caso, será de R$ 5.352,63. ​

A mudança na tabela de contribuição considera o novo salário mínimo, que em 2022 passou a ser de R$ 1.212. Além disso, as demais faixas salariais foram reajustadas em 10,16%, que é a inflação de 2021 medida pelo INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor). Este também será o índice de reajuste aplicado nas aposentadorias, pensões, auxílios e demais benefícios do INSS acima do piso salarial.

Após a reforma da Previdência, o cálculo da contribuição previdenciária passou a ser progressivo, ou seja, a cada parcela do salário aplica-se uma alíquota correspondente, que varia de 7,5% a 14%.

A contribuição previdenciária para trabalhadores com carteira assinada que contribuem pelo teto do INSS será de R$ 828,39 mensais em 2022, segundo Wagner Souza, pois o valor passa a ser calculado sobre o novo teto do INSS, que passou a ser de R$ 7.087,22. Ou seja, esse desconto máximo é aplicado até mesmo nos casos em que o funcionário recebe um salário maior.

Tabela de contribuição de 2022

Para trabalhadores com carteira assinada

Salário (em R$)Alíquota progressiva
Até 1.2127,5
De 1,212,01 até 2.427,359
De 2.427,36 até 3.641,0312
De 3.641,04 até 7.087,2214

Fonte: Folha Uol

To Top