Benefícios

Revisão de benefícios dos INSS com garantias

portalmixvalegoogle

Revisão de benefícios dos INSS com garantias O segurado do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) que deseja se aposentar ou pedir a revisão de um benefício deve fazer isso sem sair de casa. As solicitações devem ocorrer pelo Meu INSS, que pode ser acessado pelo site clicando aqui ou aplicativo com o mesmo nome, ou pela Central de Atendimento, no telefone 135.

No caso do Meu INSS, cabe ao segurado preencher todos os dados cadastrais e enviar documentos que comprovem o direito à aposentadoria ou que embasem o pedido de revisão. Já pelo telefone, as informações serão passadas a um atendente, que vai registrar o pedido do segurado.

Independentemente do canal escolhido pelo beneficiário, o primeiro passo é reunir todas as informações que garantam o direito ao benefício ou revisão, como carteira de trabalho, guias de contribuição, declarações e PPP (Perfil Profissiográfico Previdenciário).

“O segurado deve conferir seu Cnis [Cadastro Nacional de Informações Sociais] para verificar se há algum indicador de pendências a serem solucionadas, bem como checar se os documentos necessários para ingressar com o pedido estão claros, legíveis e em ordem”, orienta Roberto de Carvalho Santos, presidente do Ieprev (Instituto de Estudos Previdenciários).

Antes de ingressar com o pedido, é possível saber se o trabalhador tem, realmente, direito de se aposentar. O segurado pode consultar a própria carteira de trabalho para fazer as contas ou fazer uma simulação pelo Meu INSS. Neste caso, é preciso ter atenção, porque pode haver erros de cadastro, como falta de registros.

“O segurado precisa fazer uma boa checagem, ou seja, comparar o tempo de contribuição da simulação e o extrato de contribuições”, indica Fernando Bosi, advogado do Almeida Advogados.

Segurado deve ficar atento ao solicitar correção da renda
O pedido de revisão exige ainda mais atenção do segurado. Isso porque, ao pedir um aumento da renda ao INSS, ao fazer a análise, o órgão pode encontrar algum erro que faça com que o valor do benefício diminua. O prazo para pedir uma revisão é de até dez anos após o pagamento do primeiro benefício. Há o direito a atrasados, que são as diferenças não pagas, de até cinco anos antes da solicitação.

Passo a passo | Pedido de aposentadoria e revisão
O segurado que deseja solicitar a aposentadoria ou a revisão de um benefício deve fazê-lo pelo Meu INSS ou pelo telefone 135
Porém, antes da solicitação, é preciso ter certeza de que há o direito de se aposentar ou de revisar o benefício
Por isso, o primeiro passo é reunir os documentos que comprovem cada uma das situações. No caso da aposentadoria, é possível fazer uma simulação pelo Meu INSS antes de cadastrar o pedido
Já a revisão deve ser solicitada apenas se a pessoa tem certeza do seu direito, uma vez que pode acarretar prejuízos, como a redução do valor do benefício
Veja como pedir a aposentadoria

Acesse o aplicativo Meu INSS com login e senha. O pedido também pode ser feito pelo site
Na aba “Benefícios”, selecione a opção “Pedir aposentadoria”
Na tela seguinte, clique no tipo de aposentadoria desejada. Por exemplo: Aposentadoria por tempo de contribuição/idade urbana, Aposentadoria por idade rural ou Aposentadoria da pessoa com deficiência por idade
Selecione “Atualizar” para confirmar os dados pessoais cadastrados. Ao terminar, clique para avançar
Em seguida, aparecerá uma série de perguntas sobre o tempo de contribuição e outras informações sobre o segurado. Basta selecionar “sim” ou “não” para cada uma delas e avançar
Ao abrir a tela com dados pessoais, role para baixo até aparecer a área “Anexos”, onde o segurado deve incluir documentos que comprovem o direito à aposentadoria
Selecione cada uma das opções cujo documento o segurado deseja enviar. Por exemplo: carteiras de trabalho e comprovante de exercício em atividade pública
Depois de incluir todos os documentos, avance
O sistema pedirá o CEP para localizar a agência do INSS mais próxima no caso da necessidade de cumprimento de exigência. Escolha a unidade desejada e avance
Na tela seguinte, confira os dados pessoais e o detalhamento da solicitação. Se estiver tudo correto, finalize o pedido
Veja como pedir a revisão administrativa

Acesse o aplicativo Meu INSS com login e senha; o pedido também pode ser feito pelo site
Em “Mais acessados”, selecione “Agendamentos/Solicitações”
Na tela seguinte, clique em “Novo requerimento”
Selecione a opção “Recurso e revisão”
Clique em “Revisão”
Clique em “Atualizar” para conferir os dados pessoais. Ao terminar, avance
Selecione a opção que mais se aplica ao seu caso. Por exemplo, valor incorreto do benefício
Ao abrir a tela com dados pessoais, role para baixo até aparecer a área “Anexos”, onde o segurado deve incluir documentos que embasem o pedido de revisão. Por exemplo: laudos médicos e registro em carteira
O sistema pedirá o CEP para localizar a agência do INSS mais próxima no caso da necessidade de cumprimento de exigência. Escolha a unidade desejada e avance
Confira as informações da solicitação. Se estiver tudo correto, finalize o pedido
Pelo telefone 135 (para pedir aposentadoria ou revisão)

Digite o número do CPF quando o atendimento eletrônico pedir
Anote o número de protocolo
Disque 0 para falar com um atendente
Informe o serviço desejado e confirme os dados conforme o atendente solicitar
As cinco principais dicas

1 – Confira o seu cadastro de contribuições

Antes de pedir a aposentadoria ou a revisão, confira com cuidado o seu Cnis (cadastro de contribuições do INSS)
Para quem vai se aposentar, é preciso saber se tem todas as contribuições necessárias
No caso da revisão, é preciso checar o que o INSS deixou de fora
2 – Saiba se é a melhor hora de fazer o pedido

Essa dica é especialmente para quem vai se aposentar
A decisão de fazer o pedido é pessoal; ela deve levar em conta o direito ao benefício e a situação financeira para que não haja prejuízos
3 – Tenha os documentos em mãos

Tanto quem vai se aposentar quanto quem pede revisão deve reunir os documentos que garantam o direito
Carteira de trabalho é básico; holerites e demais documentos não devem ser esquecidos
4 – Acompanhe seu processo no Meu INSS

O processo administrativo de aposentadoria ou revisão deve ser acompanhado pelo Meu INSS
Lá, é possível saber o andamento, se houve a concessão ou mesmo cumprir as exigências do instituto
5 – Vá à Justiça, se for necessário​

Caso o INSS ultrapasse o prazo legal para dar uma resposta ou negue o pedido, vá ao Judiciário
Por um acordo judicial, pedidos de aposentadoria devem ter resposta em até 90 dias
Já as revisões devem ser respondidas em até 45 dias

To Top