Benefícios

Posso aposentar no INSS e continuar na ativa no trabalho?

portalmixvalegoogle

Posso aposentar no INSS e continuar na ativa no trabalho? Se você precisa de um aconselhamento jurídico ou tem que lidar com um processo judicial, nossa equipe de advogados altamente qualificados orientará você em todas as etapas, cuidando de todos os problemas que possam surgir ao longo do caminho.

Entre em contato conosco para conversarmos sobre a forma como podemos ajudar você.

É possível trabalhar depois da aposentadoria. Há restrição em duas situações: na aposentadoria por invalidez e no trabalho insalubre ou perigoso concomitante com aposentadoria especial, explica o advogado Nicholas Bocchi, especialista em previdência no escritório Bocchi Advogados.

Entenda o que pode e o que não pode ser feito depois da aposentadoria.

Existem mecanismos legais para escapar desta restrição legal.

TRÊS SITUAÇÕES PREVISTAS EM LEI

Só existem três situações em que a aposentadoria impede que a pessoa continue trabalhando.

Quando a aposentadoria é por invalidez. Isso por um motivo lógico: se a pessoa está inválida não dá mesmo para ela continuar trabalhando.

Quando o trabalhador é servidor público estatutário a aposentadoria extingue o trabalho automaticamente.

Quando a aposentadoria for especial. Neste caso não pode continuar exercendo atividades que colocam em risco a saúde ou a integridade física.

É POSSÍVEL ACUMULAR SALÁRIO E APOSENTADORIA

Às vezes até dá, mesmo com aposentadoria especial, para exercer a mesma atividade de risco à saúde ou à integridade física, desde que não seja mais de forma habitual e permanente.

Muita gente que se aposenta em atividade de risco e depois do início do benefício, diminui o ritmo de trabalho e não expõe mais a saúde ou a integridade física ao risco.

Neste caso, desde que bem documentado, o trabalhador pode continuar trabalhando.

RETORNO AO TRABALHO E CANCELAMENTO DO BENEFÍCIO

O ideal é que o aposentado por invalidez comunique o INSS caso queira voltar ao trabalho.

Ele pode até conseguir receber um benefício pela metade (50%) e começar a trabalhar novamente, desde que possua incapacidade parcial e permanente.

APOSENTADO QUE CONTINUA TRABALHANDO

Todo trabalho remunerado, seja ele de empregado ou por conta própria, tem que ter a contribuição para a Previdência Social.

Não importa se a pessoa é ou não é aposentada. Tem que contribuir.

As novas contribuições não servirão para aumentar o valor do benefício, conforme já foi decidido pelo STF (desaposentação).

DÚVIDAS E SUGESTÕES

Fonte: www.bocchiadvogados.com.br

To Top