Agro

UE eleva previsão de estoques de trigo diante de aumento da importação

UE eleva previsão de estoques de trigo diante de aumento da importação

PARIS (Reuters) – A Comissão Europeia elevou nesta quinta-feira sua previsão para os estoques de trigo comum da União Europeia no final da temporada de 2021/22, já que revisou para cima a expectativa para importações.

Nas projeções mensais de oferta e demanda, a Comissão projetou os estoques de trigo comum, ou trigo soft, em 13,3 milhões de toneladas no final da temporada, acima dos 12,9 milhões esperados em dezembro. O volume projetado também é o mais alto em quatro anos.

O aumento deste mês na previsão de estoques ocorreu principalmente devido a uma revisão da ordem de 500 mil toneladas para as importações de trigo soft da UE em 2021/22, para 2,0 milhões de toneladas.

A Comissão também fez outras revisões em seu balanço de oferta e demanda de trigo mole, com a produção utilizável de 2021/22 reduzida marginalmente para 130,5 milhões de toneladas, de 130,6 milhões anteriormente. Já para as exportações de trigo da UE, as projeções ficaram inalteradas em 32,0 milhões de toneladas.

Por outro lado, um corte na expectativa de importações de cevada para 1,0 milhão de toneladas, de 1,3 milhão, levou a Comissão a reduzir sua previsão de estoques de cevada de 2021/22 para 4,15 milhões de toneladas, de 4,5 milhões esperados no mês passado.

Para o milho, a Comissão reduziu sua previsão de produção utilizável em 2021/22 nos 27 países membros da UE para 69,0 milhões de toneladas, de 69,4 milhões há um mês.

O corte na projeção para o milho, combinado com um aumento acentuado da estimativa para as exportações do cereal — para 5,0 milhões de toneladas, de 3,7 milhões previstas em dezembro –, levou a uma redução da projeção para os estoques finais, de 18,9 milhões de toneladas para 17,3 milhões.

(Reportagem de Gus Trompiz)

tagreuters.com2022binary_LYNXMPEI0Q0XJ-BASEIMAGE

To Top