Europe

Tropas dos EUA na Polônia se preparam para eventual fuga de norte-americanos da Ucrânia

portalmixvalegoogle

As tropas dos Estados Unidos na Polônia estão se preparando para ajudar cidadãos norte-americanos que possam vir a deixar a Ucrânia no caso de uma invasão da Rússia, afirmaram autoridades dos EUA na quarta-feira.

As autoridades, que falam em condição de anonimato, disseram que as tropas não entrariam na Ucrânia para retirar cidadãos norte-americanos, mas que montariam instalações temporárias na Polônia se fosse necessário.

O Pentágono disse que cerca de 1.700 membros do serviço militar, principalmente da 82ª Divisão Aérea, estão sendo enviados de Fort Bragg, na Carolina do Norte, para a Polônia.

A Rússia nega os planos de invadir a Ucrânia, mas destacou mais de 100 mil soldados próximos à fronteira com a Ucrânia, e diz que pode adotar medidas militares não especificadas se suas demandas não forem atendidas, entre elas uma promessa da Otan de não permitir o ingresso da Ucrânia na aliança.

As autoridades dizem que o plano foi aprovado pela Casa Branca e é parte de um planejamento prudente. A aprovação foi primeiramente reportada pelo Wall Street Journal.

Uma autoridade da Casa Branca disse que os Estados Unidos não estão planejando uma retirada em massa de cidadãos norte-americanos da Ucrânia.

“Estamos avaliando constantemente a evolução da situação de segurança e planejamento para uma série de contingências, como sempre fazemos”, disse a autoridade.

O presidente Joe Biden disse nesta semana que seria sábio se norte-americanos deixassem a Ucrânia. Diferentemente da retirada tumultuada de cidadãos norte-americanos do Afeganistão no ano passado, as autoridades dizem que as pessoas devem conseguir dirigir até a Polônia a partir da Ucrânia.

(Reportagem de Idrees Ali e Steve Holland)

((Tradução Redação São Paulo, 5511 56447702)) REUTERS AC

To Top