Benefícios

FGTS: governo pode liberar mais valores do benefício?

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

FGTS: governo pode liberar mais valores do benefício? O governo pode liberar os recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) em uma tentativa de impulsionar o crescimento econômico até o final do ano, afirmou nesta terça-feira o ministro da Economia, Paulo Guedes.

Tanto o governo do presidente Jair Bolsonaro quanto o de seu predecessor, Michel Temer, implementaram medidas para liberar o FGTS.

Em conferência organizada pelo banco de investimentos BTG Pactual, Guedes também afirmou que um programa de crédito será em breve lançado para empresas “sem grande impacto fiscal”, renovando o que já foi oferecido durante a pandemia.

Ele reforçou ainda que o governo pretende cortar o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) em 25% para ajudar a indústria local. Também acrescentou que está no horizonte um programa para criar 2 milhões de empregos, nos moldes do plano Verde e Amarelo de contratação simplificada. O governo já encaminhou propostas nesse sentido ao Congresso, mas elas perderam a validade antes de serem aprovadas.

“Há várias iniciativas que podemos ter daqui até o final do ano que devem ajudar a economia a crescer”, afirmou Guedes.

“Podemos mobilizar recursos do FGTS também, porque são fundos privados, são pessoas que têm recursos lá e estão passando dificuldade. Às vezes o cara está devendo dinheiro no banco e está credor no fundo. Por que não pode sacar dessa conta e liquidar a dívida dele do outro lado?”, completou.

Ele disse ainda que, a partir de agora, a inflação irá cair e as projeções do mercado para o crescimento econômico serão continuamente ajustadas para cima.

Guedes disse ainda que a arrecadação federal cresceu 16% em termos reais, acrescentando que o resultado será em breve anunciado pelo governo mas sem especificar a qual período se refere.

A Receita Federal vai divulgar os dados de janeiro nos próximos dias.

To Top