Últimas Notícias

Mais de 500 mil ucranianos já deixaram o país para fugir da guerra com Rússia, diz ONU

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O alto comissário das Nações Unidas para refugiados, Filippo Grandi, afirmou nesta segunda-feira (28) que mais de 500 mil ucranianos já deixaram o país desde o início dos ataques russos.

Mais cedo, o secretário-geral da ONU, António Guterres, disse que a escalada nas operações militares na Ucrânia está levando a violações de direitos humanos.

Segundo a alta comissária da ONU para Direitos Humanos, Michelle Bachelet, a maioria das vítimas civis morreu devido a ataques com “armas explosivas de grande impacto, incluindo bombardeio de artilharia pesada e sistemas de multilançamento de foguetes e ataques aéreos”.

As Nações Unidas confirmam a morte de pelo menos 102 civis, incluindo sete crianças.

To Top