Business

Ibovespa passa a subir com suporte de commodities; balanços movimentam sessão

Ibovespa passa a subir com suporte de commodities; balanços movimentam sessão

O principal índice da bolsa brasileira virou para alta nesta sexta-feira, estendendo ganhos das últimas sessões e novamente com suporte dos papéis ligados a commodities.

As ações de Petrobras e Vale puxavam o avanço do índice, enquanto B3 e Lojas Renner estavam na ponta oposta, após resultados.

A sessão é de vencimento de opções sobre ações na B3. Também há vencimentos nos Estados Unidos, o que pode tornar o pregão mais volátil.

Às 12h07 (de Brasília), o Ibovespa subia 0,96%, aos 114.161,76 pontos, perto da máxima intradiária de 114.190,84 pontos (+0,98%), caminhando para terceira alta consecutiva. O volume financeiro era de 10,850 bilhões de reais.

Na mínima, o Ibovespa desceu aos 112.474,76 pontos, queda de 0,54%.

Na semana, o índice caminhava para alta de 2,2%, a mais forte desde a semana encerrada em 28 de janeiro.

“O Ibovespa avançou para os 113 mil pontos, mas puxado especialmente por ações ligadas a commodities, ainda que o petróleo esteja instável lá fora”, disse Camila Abdelmalack, economista na Veedha Investimentos.

A sessão “é de volatilidade, e esta melhora pode se dissipar ao longo do dia, sem viés definido para hoje”, afirma Pedro Galdi, analista da Mirae Asset Corretora.

O mercado segue atento aos desenrolares do conflito na Ucrânia, após negociações de paz, que impulsionaram os ativos nesta semana, esfriarem. O presidente dos EUA, Joe Biden, conversou nesta sexta-feira com sua contraparte chinesa, Xi Jinping. Xi afirmou que conflitos e confrontos como esse não interessam a ninguém, de acordo com a mídia estatal chinesa.

Os principais índices em Wall Street operavam sem direção única.

No Brasil, destaque para a taxa de desemprego, que fechou o trimestre até janeiro em 11,2%, alta de 0,1 ponto percenutal frente ao período imediatamente anterior, mas abaixo do esperado pelo mercado (11,4%). Além disso, investidores digerem o anúncio na véspera de um pacote de estímulo à economia.

DESTAQUES

– B3 ON caía 2%, após o lucro da companhia crescer 6% no quarto trimestre de 2021 sobre um ano antes, para 1,229 bilhão de reais, contra 1,27 bilhão de reais da projeção média de analistas consultados pela Refinitiv.

– LOJAS RENNER ON cedia 1,7%, na sequência de lucro líquido de 415,8 milhões de reais nos três últimos meses do ano passado, versus expectativa de analistas de lucro de 435,3 milhões de reais.

– VALE ON subia 0,8%, após avanço do minério de ferro na China, impulsionado por expectativa de estímulo adicional para sustentar a economia da maior produtora de aço do mundo. USIMINAS PNA ganhava 1,6% e liderava alta entre siderúrgicas. O níquel tombou novamente para o limite de baixa em Londres, enquanto alumínio subia.

– PETROBRAS PN e ON subiam 1,8% e 1,1%, respectivamente. O petróleo operava próximo à estabilidade, enquanto temor de intervenção política na companhia seguia no radar. 3R PETROLEUM ON avançava 4,4% e PETRORIO ON apontava acréscimo de 0,8%.

– STONECO decolava 37,9% em Nova York, à medida que projeções para o primeiro trimestre contrapuseram uma queda de mais de 90% no lucro líquido ajustado da companhia no quarto trimestre ante um ano antes. O Citi elevou a recomendação do papel para ‘compra’ após os resultados.

– FLEURY ON recuava 3,4%, após seu lucro ajustado diminuir 57,6% entre outubro e dezembro na comparação anual, uma vez que maiores despesas ofuscaram o leve crescimento das receitas no período.

– BR MALLS ON perdia 0,9%, depois de rejeitar nova oferta de fusão da ALIANSCE SONAE e divulgar queda anual de 22,5% no lucro do quarto trimestre. Ações ordinárias de Aliansce, que não estão no Ibovespa, operavam em alta de 2%.

– EZTEC ON valorizava-se 2%, enquanto CYRELA ON tinha alta de 4,2%, após as companhias divulgarem resultados. No setor de energia, CPFL ENERGIA ON estava 0,9% no positivo e ENERGISA UNIT crescia 2,2%.

(Edição de José de Castro)

tagreuters.com2022binary_LYNXNPEI2H0RG-BASEIMAGE

To Top