Benefícios

13º salário em parcela única na antecipação do INSS

Salário benefícios saques INSS FGTS
EDSON DE SOUZA NASCIMENTO/Shutterstock.com

13º salário em parcela única na antecipação do INSS Pagamentos foram adiantados para os meses de abril e maio para quem já recebe benefícios previdenciários; depósitos serão feitos em duas parcelas, junto com o benefício de cada mês.

O governo antecipou o pagamento do 13º dos aposentados e pensionistas do INSS. O pagamento começa em 25 de abril e segue até 7 de junho. Mas os segurados que começarem a receber os benefícios previdenciários a partir de maio receberão o abono anual em parcela única, em novembro e dezembro.

Têm direito à antecipação os segurados que durante o ano de 2022 tenha recebido auxílio por incapacidade temporária, auxílio-acidente, aposentadoria, pensão por morte ou auxílio-reclusão.

Segundo o INSS, serão contemplados com a antecipação cerca de 30,5 milhões de benefícios em todo o Brasil. Ao todo, a medida injetará na economia cerca de R$ 56,7 bilhões.

A gratificação não é paga a quem ganha benefícios assistenciais como o BPC/Loas (Benefício de Prestação Continuada da Lei Orgânica da Assistência Social) e Renda Mensal Vitalícia.

O pagamento será feito em duas parcelas, junto com o benefício de cada mês.

  • Primeira parcela: 50% do valor, de 25 de abril a 6 de maio;
  • Segunda parcela: 50% do valor, de 25 de maio a 7 de junho, menos o valor devido do imposto de renda, para quem se aplicar.

O INSS começa a pagar o benefício no dia 25 de abril. A segunda parcela será paga no mês seguinte, em maio.

Veja os calendários para quem começar a receber o benefício a partir de maio:

O valor do 13º é calculado com base na renda prevista para o mês de dezembro de 2022 ou no mês da alta ou da cessação programada do benefício.

Valor do benefício

A primeira parcela do 13º equivale a exatamente à metade do valor do benefício mensal para os segurados que já estavam aposentados em janeiro deste ano. Já a segunda parcela tem os descontos de Imposto de Renda, para quem tem que pagar. Quem passou a receber o benefício depois de janeiro ganha os valores de forma proporcional.

Como consultar os benefícios

Existem três meios para as consultas: por telefone, por site ou por aplicativo.

Por telefone

Uma maneira simples de fazer a consulta dos benefícios do INSS e obter informações sobre eles é através da central de atendimento por telefone, no número 135. Ao ligar, informe o número do CPF e confirme algumas informações cadastrais, de forma a evitar fraudes, e informe sobre qual benefício quer informações. O atendimento está disponível de segunda a sábado, das 7h às 22h.

Pelo site

O segurado pode acessar o site Meu INSS, que reúne diversos serviços digitais do INSS. Após fazer o login, na tela inicial, clique no serviço de “Extrato de Pagamento” e terá acesso ao seu extrato e todos os detalhes sobre o pagamento do benefício.

No site, também é possível acessar outros serviços do INSS como agendamentos, solicitação de extratos e consulta do número do benefício.

Pelo aplicativo

A consulta do benefício também pode ser feita pelo aplicativo Meu INSS, disponível para Android e iOS. Assim como no acesso pelo site, de início, é necessário fazer o login, e então, todos os serviços disponíveis e histórico das informações do beneficiário serão listados. Fonte: G1

To Top