Últimas Notícias

Participantes mentem para sobreviver em No Limite

portalmixvalegoogle

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – A tribo Lua tentou se movimentar no quarto episódio do No Limite (Globo), desta quinta-feira (12) para evitar mais baixas no reality, mas não adiantou. Mesmo vencendo a Prova do Privilégio, a equipe perdeu a da Imunidade e teve mais um integrante eliminado. Kamyla Romaniuk recebeu a maioria dos votos e deixou o programa.

As constantes derrotas da tribo Lua mexeram com o emocional dos participantes que começaram a brigar, principalmente Ipojucan e Guzza. O nome de Kamyla já havia sido citada como opção de voto pelos participantes antes do Portal, mas a surpresa foi ela ter sido votada pela aliada Shirley.

Kamyla disse que pensava que seria fácil e tranquilo o jogo, mas não foi. “A angústia é inevitável, eu queria ficar mais. Mas de alguma forma, meu coração está tranquilo. Em nenhum momento eu precisei ofender alguém, prejudicar alguém.”

Antes da Prova da Imunidade, Matheus e Victor Hugo disputaram um desafio surpresa, que garantiu ao ganhador o poder do voto duplo, que poderia ser usado no Portal de hoje ou no próximo. Victor, da tribo Lua, ganhou a prova, mas decidiu mentir para o grupo para não virar alvo dos votos e não usou a vantagem.

Matheus, da tribo Sol, resolveu novamente ser estrategista para garantir sua sobrevivência no jogo. Após perder o desafio, ele chegou sorrindo no acampamento e mentindo que ganhou a prova, deixando o grupo confuso com a falsa vantagem que ele disse que não poderia contar.

Esta não é a primeira vez que Matheus mente para o grupo. O coordenador pedagógico criou um personagem dentro do reality e disse para outros participantes que está desempregado. Ele também incentivou a amiga Verônica a desistir do programa, evitando ser alvo dos votos do grupo.

To Top