Brasil

Terceira via não tem menor chance nas eleições, diz presidente do PSB

Terceira via não tem menor chance nas eleições, diz presidente do PSB

Por Rodrigo Viga Gaier

RIO DE JANEIRO (Reuters) – A terceira via não tem a menor chance nas eleições presidenciais desse ano e a tendência é que seus candidatos desidratem até outubro, numa eleição que será polarizada entre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o presidente Jair Bolsonaro (PL), disse o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, nesta sexta-feira.

O PSB terá o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin como vice na chapa de Lula. Para Siqueira, Lula e Bolsonaro são os dois únicos candidatos com chance de disputar o Palácio do Planalto.

“A terceira via não tem chances… não se fábrica ou produz lideranças, isso se forja na luta“, disse Siqueira à Reuters durante o evento “Pensar Brasil”.

“Não há terceira via capaz de chegar ao segundo turno e a polarização se deu com duas lideranças postas“, disse Siqueira. “O nome por si só já é ruim, é terceira por que não é nem primeira nem segunda.

Lula e Bolsonaro lideram as pesquisas de intenção de voto com ampla margem sobre os demais candidatos. Levantamento divulgado nesta sexta mostrou o petista com 44% das intenções de voto e o atual presidente com 32%, enquanto Ciro Gomes (PDT) aparece com 8%; João Doria (PSDB) tem 3%, André Janones (Avante), 2%, e Simone Tebet (MDB), 1%.

“As pessoas dessa dita terceira via são base do atual governo, responsáveis por toda política econômica fracassada que está aí. O que de diferente eles podem fazer? Acho lamentável a polarização, mas temos que enfrentar e mostrar nosso projeto“, acrescentou.

O presidente do PSB comemorou a aliança com o PT, e disse que Lula pode vencer a eleição já no primeiro turno.

“Ainda acho ousadia vencer no 1º turno, mas a polarização pode ajudar a resolver as eleições no primeiro turno“, disse.

A chapa Lula-Alckmin tem como alicerces de campanha a redução da desigualdade social, geração de empregos, expansão da economia, sustentabilidade, preservação do meio ambiente e a “ volta a plenitude democrática”, afirmou Siqueira.

“Temos uma economia que não cresce, inflação e desemprego em alta. Não geraram empregos com a reforma trabalhista e não vieram investimentos coma reforma da Previdência, e temos um presidente que não acredita na democracia e nos valores democráticos“, avaliou.

tagreuters.com2022binary_LYNXNPEI4C0VI-BASEIMAGE

To Top