Asia

G7 e Otan irão aumentar pressão sobre Rússia e manter olhos na China, dizem autoridades dos EUA

G7 e Otan irão aumentar pressão sobre Rússia e manter olhos na China, dizem autoridades dos EUA

WASHINGTON (Reuters) – Os líderes do Grupo dos Sete países ricos e da aliança militar Otan irão buscar aumentar a pressão sobre a Rússia pela guerra na Ucrânia em reuniões da próxima semana, e deixarão claro que também continuam preocupados com a China, disseram altos funcionários do governo dos Estados Unidos nesta quarta-feira.

A Otan anunciaria novos compromissos para reforçar a segurança europeia, disseram as autoridades, enquanto a participação dos líderes da Austrália, Japão, Coreia do Sul e Nova Zelândia mostrará que a guerra na Ucrânia não tirou o foco sobre a China.

Os líderes do G7 também devem abordar as “práticas econômicas coercivas da China”, que se tornaram ainda mais agressivas nos últimos anos, disse uma das autoridades.

(Reportagem de Andrea Shalal, Humeyra Pamuk e Kanishka Singh)

tagreuters.com2022binary_LYNXMPEI5L12E-BASEIMAGE

To Top