Últimas Notícias

Grêmio busca empate contra o CSA, mas vê G4 ameaçado na Série B

portalmixvalegoogle

PORTO ALEGRE, RS (UOL/FOLHAPRESS) – O Grêmio saiu atrás, mas buscou o empate por 1 a 1 contra o CSA, nesta quinta-feira (23), pela 14ª rodada da Série B, no estádio Rei Pelé, em Maceió. O resultado, construído com gols de Geovane para os alagoanos e Janderson para os gaúchos, deixa o posto da equipe de Porto Alegre no G4 ameaçado.

Com 22 pontos, o Grêmio permanece em quarto, apenas dois pontos na frente do Sport, quinto colocado. O time rubro-negro, porém, ainda joga na rodada, contra o Busque, no sábado (25). Se o time pernambucano vencer, derruba o time tricolor do grupo que estaria subindo para Série A no momento. O CSA tem 15 pontos e fica em 14º na classificação.

O CSA volta a campo na segunda-feira (27) para enfrentar o Sampaio Corrêa. Já o Grêmio joga na terça-feira (28), contra o Londrina.

O Grêmio foi para o vestiário perdendo. Ao fim do primeiro tempo, o 1 a 0 para o CSA e uma jornada bem abaixo do esperado ocasionaram uma mudança de sistema. Roger Machado abriu mão dos três zagueiros, colocando Campaz no lugar de Natã. Bastou tal alteração para que o time tomasse conta do setor ofensivo e empatasse logo no início da etapa final.

O CSA mandou em boa parte do jogo. O time nordestino já tinha criado três chances claras de gol quando balançou as redes com Geovane. E depois disso, ainda que tenha apresentado oscilações ao longo da partida, manteve um padrão interessante de proteção ao gol de Marcelo Carné e saídas em contra-ataque. Rodrigo Rodrigues representou perigo constante aos zagueiros gaúchos.

O Grêmio sofreu com um problema conhecido: a dificuldade em criar oportunidades. Desde o início do jogo, sobraram lançamentos buscando Janderson e Biel, a maioria sem sucesso. Com muitas falhas técnicas, o time gaúcho chegou com força duas vezes no primeiro tempo, num cabeceio de Diego Souza e com uma conclusão de Lucas Silva após falha do CSA na saída de bola. Ambos os lances foram brecados por defesas de Carné. Defensivamente, os lados deram espaço e tanto Rodrigo Ferreira como Nicolas foram batidos por Osvaldo e Geovane. No segundo tempo, a partir das mudanças promovidas por Roger Machado, o time melhorou, passou a chegar facilmente ao ataque, empatou e rondou o gol o tempo todo.

CSA

Marcelo Carné; Lucas Marques, Wellington, Lucão e Diego Renan; Geovane (Luiz Henrique), Giva Santos, Gabriel (Léo) e Lourenço (Marco Túlio); Osvaldo (Lucas Barcelos) e Rodrigo Rodrigues (Bruno Mezenga). T.: Alberto Valentim

GRÊMIO

Gabriel Grando; Natã (Campaz), Geromel e Bruno Alves; Rodrigo Ferreira (Jonatha Varella), Lucas Silva (Sarará), Bitello e Nicolas; Janderson (Elias), Biel (Emerson) e Diego Souza. T.: Roger Machado

Estádio: Rei Pelé, em Maceió (AL)

Árbitro: Ramon Abatti Abel (SC)

Auxiliares: Kleber Lucio Gil (Fifa/SC) e Éder Alexandre (SC)

VAR: Rodrigo D’Alonso Ferreira (SC)

Cartões amarelos: Sarará, Varella (GRE); Léo, Diego Renan (CSA)

Gols: Geovane (CSA), aos 12’/1ºT; Janderson (GRE) com 1’/2ºT

To Top