Últimas Notícias

Italo Ferreira confirma favoritismo e avança às oitavas em Saquarema

portalmixvalegoogle

SÃO PAULO, SP (UOL-FOLHAPRESS) – Italo Ferreira confirmou seu favoritismo e venceu o sul-africano Matthew McGillivray e o compatriota João Chianca, na primeira rodada da etapa de Saquarema, no Rio de Janeiro, do Circuito Mundial de Surfe da WSL (Liga Mundial de Surfe).

O campeão olímpico em Tóquio mostrou toda sua habilidade e conseguiu uma nota 7.50. Antes ele já tinha conseguido um 5.10 e fechou a bateria com uma soma de 12.60. Ele se garantiu nas oitavas de final da competição.

Matthew McGillivray ficou com a segunda posição com 9.00 (4.83 na primeira onda e 4.17 na segunda).

João Chianca não se encontrou durante toda a bateria e só conseguiu um 6.30 na soma (3.30 e 3.00).

Italo é atualmente o quarto do ranking mundial. Os cinco primeiros se classificam para o WSL Finals, que decide o título mundial em setembro, na Califórnia.

Após a bateria, o potiguar falou como é competir com público brasileiro.

“É muito bom, sem dúvida. Gosto de competir com a torcida. Estar no Brasil é incrível, porque tenho suporte dos brasileiros e tenho uma equipe incrível aqui. Agora é só fazer minha parte dentro d’água”, disse Italo à reportagem da WSL.

TATI BATE ATUAL CAMPEÃ MUNDIAL E VAI ÀS QUARTAS EM SAQUAREMA

A primeira brasileira a entrar na água no primeiro dia da etapa de Saquarema, no Rio de Janeiro, foi Tatiana Weston-Webb, e ela venceu Carissa Moore, havaiana pentacampeã mundial, e Sol Aguirre, peruana convidada para o evento.

Logo no início da bateria, Tati conseguiu pegar uma onda muito boa e com suas manobras tirou 6.67. Faltando cerca de 16 minutos para o fim da prova, ela conseguiu outra boa onda e sua segunda nota foi 4.10 -um total de 10.77.

Sol Aguirre surpreendeu e terminou em segundo lugar na bateria. Ela somou 9.90 com as duas notas.

Já Carissa Moore não conseguiu se encontrar no mar brasileiro. Em duas ondas ela conseguiu apenas 1.50.

Sol e Carissa vão para a repescagem e se enfrentam para seguirem vivas na competição, a derrotada está eliminada.

Tati é atual vice-campeã mundial e a única brasileira na chave feminina do Oi Rio Pro — enquanto o masculino está recheado de brasileiros.

A brasileira de 26 anos faz temporada irregular em 2022 e chegou em Saquarema como nona colocada do ranking.

To Top