Esporte

Pâmela Rosa se torna mentora de talentos no skate e organiza campeonato amador

portalmixvalegoogle

Pâmela Rosa quer deixar muito mais do que resultados como legado para o skate. Bicampeã mundial na modalidade street, medalhista dos X-Games e finalista olímpica em Tóquio, a atleta de 23 anos tem dado suporte para skatistas mais jovens e, neste domingo, vai realizar o sonho de organizar um campeonato amador em sua cidade natal.

O PAM AM reunirá 16 mulheres e 30 homens na pista da Vista Verde, em São José dos Campos, e marcará a primeira vez que uma mulher organizará um evento de skate como este no País. “Quero retribuir um pouco do que o skate já me proporcionou para essa nova geração. Esse campeonato é um sonho e estou muito realizada em tirar isso do papel e poder na prática ajudar novos talentos”, afirmou.

Pâmela também passou a atuar como mentora de novos talentos da modalidade. Victoria Bassi e Kemily Suiara foram as duas escolhidas por ela para começar esta nova fase. O apoio a revelações do esporte foi um pedido pessoal da multicampeã ao banco BV, um de seus patrocinadores.

Desde 2018 apoiando o skate brasileiro e ao lado de Pamela há dois anos, o BV continua seu projeto de fortalecimento da modalidade. “O Brasil tem inúmeros talentos que só precisam de espaço e o PAM AM dará grande visibilidade para muitos jovens. E estar ao lado da Pâmela, tão engajada no desenvolvimento do skate, é um privilégio”, disse Tiago Soares, gerente executivo de sustentabilidade e patrocínios do banco BV.

TALENTOS

Com 15 anos, Victoria Bassi já acumula feitos, como os títulos da Liga Amadora de Bowl, Brasileiro de Banks Amador, Brasileiro de Vertical Amador, entre outras. Agora, a paulista de Ribeirão Pires quer alçar voos mais altos.

“Quero ir bem nos campeonatos mundiais que estão valendo pontos para o ranking olímpico e conseguir uma vaga para Paris”, afirmou a integrante da seleção brasileira na modalidade Park. “Ter o auxílio de uma atleta como a Pâmela é super importante. Ela é uma grande inspiração para mim e uso ela de exemplo como atleta e como pessoa”, completou.

Kemily Suiara, de 21 anos, também integra a seleção brasileira. Destaque no street, a brasiliense tem em Pâmela Rosa sua inspiração para seus próximos passos na carreira. “É muito gratificante e ao mesmo tempo é importante para o cenário do skate feminino ter a Pâmela como apoiadora. Espero evoluir cada vez mais para que eu possa ter mais conquistas não só no skate. E um quero me tornar uma skatista profissional, assim como a Pamela.”

To Top