Business

Allianz paga 140 mi de euros para fechar unidade nos EUA após fraude

Allianz paga 140 mi de euros para fechar unidade nos EUA após fraude

Por Tom Sims e Alexander Hübner

FRANKFURT (Reuters) – A Allianz divulgou nesta sexta-feira que gastou cerca de 140 milhões de euros com reestruturação para encerrar uma unidade de fundos dos EUA envolvida numa fraude multibilionária.

Em maio, a seguradora alemã concordou em fechar a Allianz Global Investors, como parte de uma confissão de culpa por fraude de valores mobiliários e um acordo de 6 bilhões de dólares com autoridades e reguladores dos Estados Unidos.

A acusação, revelada no balanço do segundo trimestre, é um resquício das consequências do caso que tem manchado a reputação de uma das empresas mais valiosas da Alemanha por meses.

O lucro líquido atribuível aos acionistas de 1,706 bilhão de euros no trimestre ficou abaixo da previsão de consenso de 1,846 bilhão e caiu em relação aos 2,225 bilhões do ano anterior.

Mas a meta da seguradora, de lucro operacional entre 12,4 bilhões e 14,4 bilhões de euros em 2022 ficou intacta.

“Estamos bem posicionados para administrar o impacto da alta inflação e as pressões econômicas que são particularmente evidentes na Europa”, disse o presidente-executivo Oliver Baete.

Os mercados voláteis afetaram a Allianz no trimestre, levando-a a assumir uma baixa contábil de 282 milhões de euros e também levando a uma queda de 12% no lucro operacional em sua divisão de seguro de vida e saúde.

(Por Tom Sims e Alexander Huebner)

tagreuters.com2022binary_LYNXMPEI740SW-BASEIMAGE

To Top