Internacional

Mais recente surto de covid-19 dá sinais de esfriamento nos EUA

portalmixvalegoogle

Os dados de hospitalização nos Estados Unidos indicam que o mais recente surto de covid-19 começa a esfriar no país. A média de sete dias para pessoas hospitalizadas com covid-19 se estabilizou, enquanto o número de novos pacientes contaminados mostra tendência de queda desde o final de julho, mostram dados federais noticiados pela Dow Jones Newswires.

Na quinta-feira, havia 1.344 municípios – cerca de 42% do total – com altos níveis de covid-19. Essa medição diz respeito a casos e hospitalizações, de acordo com o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC). Isso representa uma queda de 133 municípios em relação à contagem do CDC de uma semana antes.

Cerca de 55% da população dos EUA está agora em condados com níveis elevados da doença. Esse patamar ainda é significativamente acima dos níveis registrados em março e abril, de menos de 1%. No entanto, é melhor que os 61% registrados na semana anterior.

“Definitivamente chegamos ao platô”, disse Eric Topol, diretor do Scripps Research Translational Institute em La Jolla, Califórnia.

Os sinais de progresso ainda são tênues. Os níveis de vírus medidos nos esgotos dos EUA se estabilizaram novamente após um leve declínio recente, de acordo com dados da Biobot Analytics até a quarta-feira.

As autoridades de saúde pública estão monitorando algumas outras subvariantes no país.

To Top