Agronégocio

Café arábica salta quase 5% na ICE; açúcar bruto ganha 2%

NOVA YORK/LONDRES (Reuters) – Os contratos futuros de café arábica subiram quase 5% na ICE nesta segunda-feira, enquanto os preços do açúcar bruto avançaram mais de 2%, já que o mercado parecia maduro para uma correção após uma queda recente.

Os traders digeriram a vitória de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na eleição presidencial do Brasil e permaneceram no limite com a política de exportação de açúcar da Índia.

AÇÚCAR

* O açúcar bruto de março fechou em alta de 0,39 centavo, ou 2,2%, a 17,97 centavos de dólar por libra-peso, tendo atingido uma mínima de 3 semanas e meia na sexta-feira e fechou a semana com queda de 4,35%.

*O líder esquerdista brasileiro Lula derrotou o presidente Jair Bolsonaro no segundo turno, mas o titular da extrema direita não admitiu a derrota na noite de domingo.

* Os investidores estão atentos à possibilidade de que Bolsonaro questione os resultados, potencialmente alimentando a tensão política no maior exportador mundial de açúcar e café.

* A Índia, um grande produtor de açúcar, estendeu as restrições às exportações do adoçante em um ano até outubro de 2023, disse o governo, mas ainda deve fixar uma cota esta semana para vendas no exterior.

* O açúcar branco de dezembro subiu 11,60 dólares, ou 2,2%, para 527,20 dólares a tonelada.

CAFÉ

* O café arábica de dezembro ganhou 7,9 centavos, ou 4,7%, para 1,777 dólar por libra-peso depois de atingir uma mínima de 15 meses de 1,6775 dólar na sexta-feira.

* O contrato perdeu 11% na semana passada devido à melhora das perspectivas de safra no Brasil e preocupações com a demanda, mas alguns negociantes acreditaram que a queda foi exagerada e esperavam uma correção de preço.

* A moeda brasileira estava ganhando mais de 2% à tarde, o que deu sustentação aos preços do café.

* O café robusta de janeiro subiu 4 dólares, ou 0,2%, para 1.853 dólares a tonelada, após cair para uma mínima de 14 meses de 1.833 dólares na sexta-feira.

(Reportagem de Marcelo Teixeira e Maytaal Angel)

tagreuters.com2022binary_LYNXMPEI9U0VM-BASEIMAGE

To Top