Economia

Bolsas de NY caem, com indicadores da economia e expectativa por Fed

As bolsas de Nova York fecharam em baixa nesta terça-feira, 1º de novembro, em uma sessão na qual reinou a expectativa pela decisão de política monetária do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano), que deve elevar juros em 75 pontos-base na quarta-feira. Dados mistos da economia americana estiveram no radar, especialmente os de criação de empregos, que ao virem fortes, mostraram que o BC americano não deve arrefecer sua trajetória hawkish tão cedo.

O índice Dow Jones fechou em baixa de 0,24%, em 32.653,20 pontos, o S&P 500 recuou 0,41%, a 3.856,10 pontos, e o Nasdaq caiu 0,89%, a 10.890,85 pontos.

Os índices de gerentes de compras (PMI) industriais, medidos pela S&P Global e pelo Instituto para Gestão da Oferta (ISM), recuaram em outubro, mas menos que o esperado.

Além disso, os investimentos em construção subiram 0,2%, quando o mercado previa queda a 0,6% em setembro, e a abertura de postos de trabalho nos Estados Unidos avançou a 10,717 milhões, no mesmo mês.

“O mercado de trabalho permanece historicamente apertado e isso deve servir para encorajar não apenas uma alta de 75 pontos-base amanhã, mas um aperto adicional no final do ano e em 2023”, conclui o BMO. Os dados de emprego vão na contramão da esperança, que veio tomando conta do mercado nos últimos dias, de que o Fed logo afrouxasse sua alta de juros. “O aumento nas vagas de emprego é outro exemplo de dados ‘não cooperando’ com o desejo do Fed de diminuir o ritmo de aumentos de juros. Continuamos a esperar um aumento de 50 pontos-base em dezembro, mas os dados resilientes aumentam ainda mais o risco de que qualquer desaceleração seja acompanhada de uma comunicação hawkish de que as taxas básicas podem subir por mais tempo e para taxas terminais mais altas “, analisa o Citi.

Entre ações de destaque, estão Uber (12,01%) e Pfizer (+2,14%) que subiram, após resultados trimestrais positivos. Por outro lado, big techs, como Apple (-1,75%), Amazon (-5,52%) e Alphabet (-4,27%).

To Top