Política

Com 3% dos votos, Bivar perde comando de clube; Gil do Vigor vira diretor

O presidente do União Brasil, deputado Luciano Bivar (PE), perdeu a disputa pelo comando do Sport Club Recife nesta sexta-feira, 16, com apenas 3,5% dos votos. O atual presidente do clube, Yuri Romão, foi reeleito para o biênio 2023-2024 com 1.463 votos, 96,5% do total. Bivar foi escolhido por apenas 53 sócios do time recifense.

O ex-BBB Gil do Vigor integra a chapa vencedora, Sport do Futuro. Com isso, assumirá a vice-presidência de inclusão e diversidade na chapa para o biênio 2023-2024. Ele será um dos diretores do departamento, criado pela atual gestão encabeçada por Romão, para atuar no enfrentamento às violências no esporte e no clube.

O economista foi convidado para integrar a chapa após sofrer, em 2021, ataques homofóbicos de um dos dirigentes do clube, Flávio Koury. Em um áudio vazado à época, Koury chegou a chamar de “desmoralização” o fato de Gil ter dançado o “tchaki tchaki”, que marcou a passagem do economista pelo reality show, durante uma visita dele à Ilha do Retiro, estádio do clube.

Apesar da derrota na política esportiva, Bivar foi reeleito deputado federal e controla a terceira maior bancada da Casa. O União Brasil elegeu 59 parlamentares, atrás apenas da federação PT-PCdoB-PV, com 80, e do PL, com 99. Bivar já tinha sido presidente do Sport por seis vezes.

Bivar foi procurado pela reportagem, mas não respondeu até a publicação.

To Top