Brasil

Índices de ações fecham em alta antes de Fed e dados de inflação na próxima semana

Por Sruthi Shankar e Shristi Achar A e David Carnevali

(Reuters) – Os índices de ações dos Estados Unidos encerraram em alta nesta terça-feira, impulsionados por alguns avanços em setores economicamente sensíveis, com investidores à espera de dados da inflação e da reunião de política monetária do Federal Reserve na próxima semana.

A expectativa é de que os dados de inflação mostrem que os preços ao consumidor desaceleraram ligeiramente na comparação mês a mês em maio, mas os preços básicos devem ter permanecido elevados, e o Fed deve manter os juros inalterados.

Os principais índices oscilaram com uma pausa por parte de investidores depois de impulsionarem o S&P 500 para alta de quase 20% em relação a mínimas registradas em outubro de 2022, apoiados por ganhos em ações de megacapitalização, por uma temporada de balanços corporativos mais fortes que o esperado e por esperanças de que o banco central dos EUA esteja próximo do fim de seu ciclo de alta de juros.

O Dow Jones subiu 0,03%, para 33.573,28 pontos. O S&P 500 ganhou 0,24%, para 4.283,85 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq Composite avançou 0,36%, para 13.276,42 pontos.

O setor de finanças subiu 1,33% para liderar os ganhos entre os 11 principais setores do S&P 500, enquanto o índice bancário regional KBW saltou 5,41%. O índice Russell 2000 de empresas de pequena capitalização avançou 2,69%.

Dados econômicos recentes e comentários de autoridades do Fed mais flexíveis em relação à inflação aumentaram as chances de o banco central manter a taxa de juros inalterada em sua reunião de 13 a 14 de junho.

Os futuros de juros do Fed indicam que operadores precificaram uma chance de quase 80% de que o banco central mantenha os juros na faixa de 5% a 5,25%, de acordo com a ferramenta Fedwatch do CMEGroup. No entanto, eles veem uma probabilidade de 50% de outro aumento de 0,25 ponto percentual em julho.

tagreuters.com2023binary_LYNXMPEJ550UT-BASEIMAGE

To Top