Esporte

Iniesta, ídolo do Barcelona e da Espanha, está na mira de rival do Corinthians na Libertadores

Andres Iniesta, ídolo do Barcelona e da seleção espanhola, pode desembarcar na América do Sul na próximas semanas. O jogador de 39 anos está livre no mercado depois de encerrar o seu contrato com o Vissel Kobe, do Japão, e negocia com o Argentinos Juniors, rival do Corinthians na atual edição da Copa Libertadores.

De acordo com o diário esportivo Olé, o treinador do Argentinos Juniors, Gabriel Milito, ligou para Iniesta e está tentando convencer o jogador ir para o clube. Ambos dividiram o vestiário no Barcelona entre 2007 e 2011. O Argentinos Juniors atiçou os fãs nos últimos dias ao publicar no Twitter uma série de fotos da dupla. Algumas das imagens tinham como legendas as frases “te esperamos” e “nos vemos em alguns dias por aqui”.

Em entrevista à emissora argentina TyC Sports, o presidente do Argentinos Juniors, Cristian Malaspina, admitiu que o clube está negociando com o meio-campista. Não há nenhum acordo entre as partes até o momento. “Milito conversou com Iniesta para ver se ele quer vir para o clube. Eles são amigos. Foi o que aconteceu e não há nada concreto”, disse o cartola argentino.

Caso acerte com o Argentinos Juniors, Iniesta chegaria em julho, quando abre a janela de transferências, e disputaria o mata-mata da Libertadores. Faltando duas rodadas para o fim da fase de grupos, o time argentino lidera a chave E com oito pontos, dois à frente do Independiente del Valle. O Corinthians, em terceiro, está empatado com o Liverpool em quatro pontos e tem a vaga nas oitavas de final ameaçada. Apenas os dois melhores de cada agrupo e classificam.

Iniesta tinha contrato com o Vissel Kobe até 2024, mas decidiu encerrar o seu vínculo com o clube japonês na última semana pelas poucas oportunidades que vinha recebendo na equipe – o meia atuou apenas cinco vezes nesta temporada. “Quero continuar jogando. Quero continuar competindo. Me sinto em boas condições”, disse o jogador, em entrevista coletiva. No período em que esteve no clube asiático, o veterano disputou 133 partidas, marcando 26 gols e dando 24 assistências. Ele conquistou a Copa do Imperador (2019) e Supercopa Japonesa (2020).

Considerado um dos principais jogadores de sua geração, Iniesta conquistou 21 títulos com o Barcelona, incluindo quatro troféus de Champions League. O meia também foi peça-chave em duas conquistas de Eurocopa com a seleção da Espanha e marcou o gol que deu o título inédito da Copa do Mundo ao espanhóis, na África do Sul, em 2010.

To Top