Últimas Notícias

Conhecido por transformar famosos em Barbie, Marcus Baby surfa na onda de filme

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Se muita gente que não brinca de boneca há anos está ansiosa para assistir a “Barbie”, que estreia na quinta-feira (20) nos cinemas, imagine como está o coração de Marcus Baby, 53. O artista plástico potiguar ficou conhecido no começo dos anos 2000 por transformar famosos em versões artesanais de Barbies e Kens, e viu a procura por seu nome voltar a crescer com a popularidade do filme.

Antes da estreia, suas versões de Ryan Gosling e Simu Liu, como Ken, e de Kate McKinnon, como Barbie, já estavam prontos, com base nas imagens do trailer. Pouco depois de publicar as imagens, ele diz ter observado um crescimento de quase 10% em sua base seguidores no Instagram, onde agora soma 28 mil seguidores.

Baby planeja aproveitar a “onda rosa” para investir em mais criações dos personagens do filme. Ele ainda quer fazer pelo menos mais três, inspirados em outros atores da produção. A mais aguardada pelos seguidores é a de Margot Robbie, que vive a protagonista. “Estão me cobrando”, conta ao F5. “Mas eu também estava aguardando novos visuais da Margot como Barbie. Não queria fazer a que todo mundo fez, com o visual ‘cowgirl’ ou ‘Dia Perfeito’. Eu sempre vou na contramão.”

O potiguar começou a colecionar bonecos relacionados à cultura pop ainda nos anos 1990, mas foi em 2005 que fez sua primeira homenagem transformando uma Barbie em Nany People. Com a repercussão, continuou produzindo figuras similares, sempre que dá vontade.

“Tenho um estúdio no meu apartamento com peças variadas. Quando quero criar um novo boneco, combino pernas, braços e cabeças do jeito que quero”, explica sobre seu processo de produção. “Crio tudo do zero.”

Baby conta que, hoje, recebe pedidos de famosos que querem ganhar uma réplica em forma de boneco, mas só aceita se ele realmente gostar da pessoa. “Eu não faço para ganhar likes”, afirma. “Faço porque gosto. Também não vendo nem recebo encomendas.”

O reconhecimento já ultrapassou fronteiras. Em 2015, Madonna postou em suas redes sociais a boneca feita pelo brasileiro à imagem e semelhança da cantora. Cyndi Lauper foi outra que repercutiu a sua homenagem. Em 2017, o nome do artista saiu em portais internacionais após criar uma versão calcada em uma foto de Beyoncé grávida.

Ele também costuma homenagear personalidades que estão em alta por algum motivo. Entre as recentes estão o presidente Lula (PT), a atriz Halle Bailey, protagonista de “A Pequena Sereia”, e a cantora Rita Lee, que morreu em maio. Na última quarta-feira (12), foi a vez da ex-chacrete Índia Potira, cuja morte foi divulgada naquele dia, aos 76 anos. “A boneca já estava pronta”, conta ele, aos risos.

To Top