Benefícios

Saiba o que acontece com quem faltou no primeiro dia do Enem

Educação Enem
rafapress/Shutterstock.com

Saiba o que acontece com quem faltou no primeiro dia do Enem Quem faltou ao primeiro dia do exame pode ir ao segundo (12/11). De acordo com os dados preliminares, 28,1% dos inscritos não compareceram ao primeiro domingo.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) iniciou, no último domingo, 5 de novembro, a aplicação das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2023. Quem não foi ao primeiro dia do exame pode ir ao segundo, que acontece neste domingo, 12 de novembro.

No entanto, quem faltou por motivo que não se enquadra no edital não tem direito à reaplicação. O participante será considerado ausente no primeiro dia e terá as notas do segundo divulgadas no boletim de desempenho individual. As pontuações servirão apenas para autoavaliação de conhecimento. De acordo com os dados preliminares, 28,1% dos inscritos não compareceram ao primeiro domingo de exame.

As pessoas que faltaram por problemas logísticos ou doenças infectocontagiosas, como prevê o edital, podem pedir para fazer as provas nos dias 12 e 13 de dezembro. O mesmo vale para as pessoas que foram alocadas em locais de prova com distância superior a 30 km da residência informada na inscrição. As solicitações devem ser feitas na Página no Participante.

Enem – O Exame Nacional do Ensino Médio avalia o desempenho escolar dos estudantes ao término da educação básica. Ao longo de mais de duas décadas de existência, o Enem se tornou a principal porta de entrada para a educação superior no Brasil, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e de iniciativas como o Programa Universidade para Todos (Prouni).

Instituições de ensino públicas e privadas utilizam o Enem para selecionar estudantes. Os resultados são utilizados como critério único ou complementar dos processos seletivos, além de servirem de parâmetro para acesso a auxílios governamentais, como o proporcionado pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Os resultados individuais do Enem também podem ser aproveitados nos processos seletivos de instituições portuguesas que possuem convênio com o Inep para aceitar as notas do exame. Os acordos garantem acesso facilitado às notas dos estudantes brasileiros interessados em cursar a educação superior em Portugal.

Por: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep)

To Top