Esportes

João Paulo pede Santos preprado para ‘nota de corte mais alta’ na briga contra o rebaixamento

A atual série de sete jogos sem derrota, com quatro empates e três vitórias, deu mais confiança ao Santos, mas não serviu para afastar de vez o risco de rebaixamento no Brasileirão. Com 43 pontos, a dois do Bahia, primeiro time dentro da zona de rebaixamento, o time do litoral paulista se prepara para buscar uma nota de corte maior do que a das edições anteriores do campeonato, conforme destacou o goleiro João Paulo.

“Pelo que está se desenhando no campeonato, essa briga contra o rebaixamento vai ser até o final. Esse ano eu acho que a nota de corte para não cair vai ser 46 ou 47 pontos. Acredito que atualmente 45 é uma pontuação muito difícil para ter essa segurança, pelo que tem acontecido na competição. Então por isso é muito importante continuarmos pontuando até o final. Dependemos apenas de nós. Conquistamos pontos primordiais nessas últimas sete rodadas e agora temos que buscar a vitória amanhã para nos distanciarmos ainda mais dessa zona incômoda”, afirmou.

O próximo compromisso do Santos é contra o Fluminense, às 19 horas desta quarta-feira, na Vila Belmiro. O adversário é um caso raro desta final do Brasileirão e vive um momento de menor interesse na competição, pois já está classificado para a próxima edição da Libertadores, como atual campeão, e tem como próximo objetivo do ano a disputa do Mundial de Clubes. O hipotético desinteresse, contudo, não é suficiente para diminuir a preocupação dos santistas.

“Eles têm um grande elenco e são muito bem treinados por um grande técnico. Vai ser um jogo complicado demais. Temos que nos preparar mentalmente para a dificuldade do jogo, independentemente de como eles vierem para cá amanhã. Estamos vindo buscando jogo a jogo os nossos resultados, sempre acreditando até o final. E temos conquistado pontos importantes na nossa caminhada”, concluiu o goleiro santista.

Depois do embate com o time carioca, a equipe comandada pelo técnico Marcelo Oliveira enfrenta o Athletico-PR, na Ligga Arena, domingo, e o Fortaleza, dia 6, próxima quarta, na Vila.

To Top