Esportes

Corinthians faz acordo com ex-patrocinador e pagará multa rescisória de R$ 40,1 mi em 12 vezes

O departamento jurídico do Corinthians agiu rápido e menos de 24 horas após ter as contas bloqueadas pela Justiça pelo não pagamento de multa rescisória com a ex-patrocinadora PixBet, anunciou acordo com a empresa de apostas para pagar R$ 40,1 milhões em 12 parcelas.

O Corinthians revelou que o acordo foi formalizado por meio de documento assinado pelo advogado do clube, Yun Ki Lee, e pelo advogado Nelson Wilians, representante da Pixbet. A dívida será parcelada e quitada integralmente até o início de 2025. Há uma penalidade em caso de descumprimento.

“O Sport Club Corinthians Paulista anuncia que chegou a acordo com a Pixbet sobre a multa rescisória de contrato. O clube pagará R$ 40,1 milhões em 12 parcelas. A primeira, de R$ 6 milhões, em 15 de fevereiro, e os R$ 34,1 milhões restantes em 11 parcelas mensais de R$ 3,1 milhões”, informou o clube em nota oficial.

“O acordo nos permitiu resolver essa disputa e estabelecer um plano para regularizar a situação financeira do Corinthians”, explicou o advogado Nelson Wilians, da PixBet, satisfeito com o acerto.

A PixBet tinha um acerto para ser o patrocinador master do Corinthians por R$ 75 milhões, realizado com o ex-presidente Duílio Monteiro Alves. E já tinha um vínculo para exibir sua marca no omoplata da camisa até o fim de 2025. Augusto Melo assumiu e fechou com a VaideBet, também do ramo de apostas esportivas, e acabou rompindo o vínculo com a ex-parceira.

A PixBet entrou na justiça cobrando bloqueio das contas do Corinthians por causa do descumprimento contratual por parte do clube, que rescindiu sem justa causa o contrato de patrocínio. De acordo com a empresa, “ao romper o acordo, o clube infringiu os direitos de preferência e exclusividade da Pixbet, optando por associar-se à VaideBet sem cumprir as obrigações contratuais, como o pagamento da multa e a devolução das luvas.”

To Top