Últimas Notícias

Matheus Nachtergaele teve que deixar casa em Tiradentes por assédio de fãs: ‘virou ponto turístico’

Matheus Nachtergaele revelou que teve que deixar um imóvel em Tiradentes, cidade histórica de Minas Gerais, por conta do assédio de fãs que passavam pelo local. Em entrevista à Rede Minas, durante a Mostra de Cinema de Tiradentes, o ator falou sobre sua paixão pelo pequeno município e contou como teve a ideia de comprar uma casa no lugar.

“Em 1991, um amigo ganhou um carro do pai dele, uma Toyota. E ele queria usar nas estradas de terra, aquele carrão. A gente era do Teatro de Vertigem. Ele falou: ‘você topa ir até a Bahia, passando por Minas Gerais, passando pelas (cidades) históricas? Só eu e você, 40 dias dentro do carro’. Falei: ‘topo’. E aí, em 1991, a gente passou uma noite aqui. E nessa noite, duas caminhas de solteiro, antes de dormir, antes de apagar a luz, eu falei: ‘Serginho, eu vou morar aqui um dia. Essa é a cidade mais bonita que eu já vi na minha vida’. Dito e feito”, lembrou Nachtergaele.

Não demorou para que os habitantes de Tiradentes logo descobrissem a identidade do vizinho famoso. O assunto correu. E a casa de Nachtergaele virou ponto turístico, chegando a ser citada pelos charreteiros que fazem passeios guiados pelas ruelas da cidade. O ator continua o relato:

“Eu comprei uma casinha em frente à Igreja da Matriz. Ela é pequenininha, está alugada agora. Sabe por que eu tive que alugar? Os charreteiros, que levam as pessoas pra passear por Tiradentes, transformaram a casa num ponto turístico. ‘Aquela é a casa do Matheus Nachtergaele, o João Grilo’. E as pessoas, muito carinhosamente, decidiam sair das charretes pra bater na porta, pra tirar foto. E obviamente, quando você pra Tiradentes, você vem pra descansar. E o povo brasileiro é doido, né? Tem gente incrível, mas tem uma galera que a terra há de comer! ‘Abre aí, João Grilo! Eu trouxe minha mãe pra fazer foto cocê!’ Isso assim, de manhã. Aí, assim, eu tive que alugar”, contou.

To Top