Esportes

Lucas Moura faz treino isolado no São Paulo e é problema para a decisão da Supercopa Rei

Substituído no intervalo do clássico com o Corinthians após acusar dores musculares, o meia-atacante Lucas Moura se tornou a grande dúvida que Thiago Carpini tem para escalar o São Paulo na final da Supercopa Rei, neste domingo, às 16 horas, diante do Palmeiras.

O treino deste sábado deve ser decisivo para a presença, ou não, do camisa 7 no Mineirão, em Belo Horizonte. Desde o problema clínico, Lucas Moura vem trabalhando separado do grupo. Nesta sexta-feira, o astro deu continuidade no cronograma individualizado de atividades.

A confiança é que Lucas esteja presente na decisão. O clube vai levá-lo para Belo Horizonte, deixando o mistério até momentos antes do pontapé inicial. Ferreirinha e Galoppo estão de sobreaviso e podem ser o substituto, aberto pela esquerda. Mas Carpini não quer dar pistas e armas para Abel Ferreira.

O treinador fez uma atividade técnica de 11 contra 11, já orientando seus possíveis escolhidos para como espera que o time do São Paulo se comporte diante do Palmeiras, também invicto na temporada e vindo de três vitórias.

Ciente que o jogo pode não ter muitas oportunidades de gols, Carpini ainda colocou seu setor ofensivo para aprimorar as finalizações. Foram muitos chutes no gol e sempre sob incentivo e pedido de capricho. A cada gol ouvia-se um “boa”.

To Top