Últimas Notícias

Mulher ataca comerciante judia na Bahia

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – Uma mulher agrediu a comerciante judia Herta Breslauer em Arraial D’Ajuda, na Bahia, nesta sexta-feira (2). O caso está sendo investigado pela Delegacia Territorial de Arraial D’Ajuda.

Breslauer foi agredida dentro de sua loja. Uma mulher entrou no estabelecimento, agrediu a dona da loja e destruiu mercadorias do local.

Ela entrou, me agrediu, me bateu, destruiu a loja, simplesmente por eu ser judia. Disse que eu sou assassina de criancinha. Eu não mato nem pernilongo.”, disse a dona da loja.

A Polícia Civil da Bahia afirma que foi instaurado um inquérito policial. Serão apurados os crimes de racismo, ameaça, dano e lesão corporal. As autoridades tentam localizar a autora da agressão.

Em nota, a Conib (Confederação Israelita do Brasil) repudiou a agressão. “Uma agressão covarde, antissemita, que deve ser investigada como crime de ódio e seguir o seu devido processo legal”, afirma em nota.

A entidade afirma que o antissemitismo deve ser condenado por todos. “Sua explosão nos últimos meses aqui no Brasil e no mundo é consequência de visões odiosas e distorcidas sobre Israel e judeus manifestados por personalidades e distribuídas pelas redes sociais”, afirma em nota.

To Top