Últimas Notícias

Quem era Isabelle Thomas, mulher de produtor indicado Oscar encontrada morta em Los Angeles

Documentarista britânica e esposa do produtor indicado ao Oscar 2024 Bradley Thomas, Isabelle Thomas foi encontrada morta em um hotel nos Estados Unidos na semana passada. Segundo o Gabinete Médico do Condado de Los Angeles, a cineasta de 39 anos foi localizada com “lesões traumáticas múltiplas”.

Jamie Lee Curtis comemora 25 anos sóbria após vício em opiáceos: ‘Um dia de cada vez’

‘Assassinos da Lua das Flores’: Filme de Martin Scorsese, conquista prêmio e sai na frente na corrida pelo Oscar

A família da artista afirmou ao jornal LA Times que Isabelle era a “luz” da vida deles e que lembrará dela como “uma alma gêmea, linda filha, irmã, mãe e esposa dedicada”.

— Ela foi corajosa e aproveitou todas as oportunidades da vida sem medo, derramando amor e bondade sobre seus amigos, familiares e filhos ao longo do caminho. Os seus projetos eram tão diversos como as suas paixões, refletindo uma curiosidade sobre as pessoas e a nossa cultura que inspirou todos os que tiveram a sorte de passar tempo com ela — disseram os familiares.

Natural do Reino Unido, a documentarista vivia na Califórnia com o marido e os dois filhos gêmeos. A artista se formou na Universidade de Oxford e passou a assessorar projetos para empresas internacionais de entretenimento, escritórios familiares privados, ONU e Banco Mundial.

Isabelle se casou com Bradley em 2018. Os dois foram fotografados juntos recentemente, em 13 de janeiro, no evento BAFTA Tea Party 2024, em Beverly Hills. A morte da esposa ocorreu pouco mais de um mês antes da cerimônia do Oscar, na qual Thomas é indicado pelo longa “Assassinos da Lua das Flores”, do diretor Martin Scorsese.

To Top