Esporte

Hulk passa em branco e Atlético empata com invicto Tombense no Campeonato Mineiro

mixvale

O Atlético continua sem empolgar no Campeonato Mineiro, ao empatar por 1 a 1 com o Tombense, nesta quarta-feira, na Arena MRV, pela quinta rodada. Em busca do 100º gol pelo clube alvinegro, Hulk passou em branco e viu o jovem Alisson salvar a equipe de mais uma derrota no Estadual.

Apesar do empate, o Atlético assumiu a liderança do Grupo B, com os mesmos sete pontos do Villa Nova, que perdeu para o Athletic. Em terceiro está o Pouso Alegre, com seis, que venceu o Democrata por 1 a 0. Já o Uberlândia ficou na lanterna, com dois, após perder para Itabirito por 2 a 1.

Já o invicto Tombense é o vice-líder do Grupo A, com nove pontos, um a menos do que o Cruzeiro. O Itabirito tem sete, contra quatro do Ipatinga, que perdeu para o Patrocinense por 2 a 1.

Apesar de entrar em campo com o “triângulo mágico”, formado por Gustavo Scarpa, Paulinho e Hulk, o Atlético foi surpreendido logo aos dois minutos. Após jogada ensaiada em cobrança de escanteio, Ednei apareceu sozinho dentro da área e deu um leve desvio para mandar a bola no fundo das redes.

O Atlético respondeu aos nove, em arremate de Paulinho, que beliscou o travessão. Hulk, Scarpa e Bruno Fuchs também tentaram, mas o Tombense montou um bloqueio e impediu que o time da casa conseguisse criar uma jogada clara de gol.

O jogo foi ficando ríspido, com entradas duras. Com isso, o árbitro passou a amarelar os atletas em uma tentativa de conter os ânimos e impedir uma confusão maior na Arena MRV. O Atlético, no entanto, foi para o intervalo atrás do marcador.

No segundo tempo, o Atlético saiu pressionando e viu o goleiro Felipe fazer um milagre na cabeçada de Hulk. De tanto atacar, o time da casa chegou ao gol aos dez minutos. Alisson, uma das apostas de Felipão, tabelou com Paulinho, driblou a marcação e chutou colocado para empatar.

O Atlético teve uma chance de ouro de virar a partida aos 23, quando Alisson deixou Paulinho na cara do gol. O artilheiro da Arena MRV pegou muito forte na bola e jogou por cima. O Tombense, aos poucos, equilibrou as ações, mas perdeu Zé Vitor, expulso, aos 35.

O Atlético até esboçou uma pressão nos minutos finais, mas o Tombense administrou o resultado para continuar invicto na competição.

Na próxima rodada, o Atlético enfrenta o Itabirito no sábado, às 16h30, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF). No domingo, às 18h, o Tombense tem pela frente o Patrocinense, no Antônio Guimarães de Almeida, em Tombos (MG).

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-MG 1 X 1 TOMBENSE

ATLÉTICO – Everson; Mariano (Alisson), Igor Rabello, Bruno Fuchs e Guilherme Arana; Edenílson (Saraiva), Otávio (Battaglia), Igor Gomes e Gustavo Scarpa; Paulinho (Alan Kardec) e Hulk. Técnico: Felipão

TOMBENSE – Felipe Garcia; Pedro Costa, Ednei, Zé Vitor e Emerson Barbosa; Mikael (Rickson), Pierre (Denner), Kaio Mendes (Djalma) e Rafinha (Vitinho); Igor Bahia e Felipinho (Wesley). Técnico: Raul Cabral.

GOLS – Ednei, aos dois minutos do primeiro tempo. Alisson, aos dez minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Mariano e Otávio (Atlético-MG); Emerson Barbosa, Felipe Garcia, Pierre e Rafinha (Tombense).

CARTÃO VERMELHO – Zé Vitor (Tombense).

ÁRBITRO – Felipe Fernandes de Lima.

RENDA E PÚBLICO – Não divulgados.

LOCAL – Arena MRV, em Belo Horizonte (MG).

To Top