Economia

Cade aprova venda de fundos imobiliários do Credit Suisse para Pátria Investimentos

mixvale

A Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou sem restrições a aquisição de fundos imobiliários do Credit Suisse pela Pátria Investimentos, conforme despacho publicado no Diário Oficial da União (DOU). O acordo entre as empresas foi assinado em 6 de dezembro passado e, conforme comunicado divulgado na ocasião, o valor da aquisição foi de US$ 130 milhões.

Em parecer sobre o negócio, as empresas destacam que a transferência dos fundos está sujeita também à aprovação por parte dos cotistas desses ativos, “dada a regulamentação aplicável”, e listam os fundos que terão sua gestão repassada para a Pátria. São eles: CSHG Real Estate – Fundo de Investimento Imobiliário – FII (HGRE); CSHG Logística – FII (HGLG); CSHG Recebíveis – FII (HGCR); CSHG Renda Urbana – FII (HGRU); CSHG Imobiliário FOF – FII (HGFF); CSHG Prime Offices – FII (HGPO); Castello Branco Office Park – FII (CBOP); CSHG Residencial – FII (HGRS).

A Pátria Investimentos, que já conta com mais de R$ 18 bilhões em ativos sob gestão no segmento de ativos imobiliários, com presença no Brasil, Chile e Colômbia, busca com essa transação consolidar sua área imobiliária como uma das líderes desse mercado, de acordo com o comunicado de dezembro.

Além de fortalecer sua plataforma com a equipe que gerencia os fundos, a incorporação dos fundos de recebíveis do Credit Suisse no Brasil podem adicionar mais de R$ 12 bilhões em ativos sob gestão ao portfólio do Pátria, com destaque para fundos de Logística e Renda Urbana.

To Top