Política

Escritório de deputada é invadido pela 2ª vez; PF apura suspeita de crime político

mixvale

O escritório político da deputada federal Silvye Alves (União Brasil-GO) foi invadido na manhã desta quinta-feira, 15, em Goiânia. Após a Polícia Militar registrar ocorrência e a Polícia Civil realizar perícia, Silvye informou que a Polícia Federal (PF) entrou no caso porque há suspeita de crime político. Esta é a segunda vez que o escritório da deputada foi invadido. Em novembro de 2023, foram levados dois notebooks do local. Desta vez, nada aparenta ter sido levado.

Ao Estadão, Silvye conta que a PF suspeita de perseguição política justamente por nada ter sido retirado do local. “Não sei se podemos falar que foi um ‘bandidinho’, mas se fosse, não tem porquê não ter levado nada”, disse a deputada.

De acordo com informações divulgadas, servidores chegaram para trabalhar e encontraram gavetas reviradas. A invasão aconteceu pelos fundos do local, onde uma grade foi arrombada e o vidro quebrado. “Dessa vez, fuçaram todas as gavetas e deixaram muito sangue. Também mexeram em uma pasta de documentos de prefeituras que enviaram ofícios pedindo ajuda na saúde, infraestrutura. Não sabemos o que está faltando direito ainda. Felizmente, todos os documentos estão em Brasília também, nos computadores”, informou Silvye.

Em vídeos, a parlamentar mostra como o ambiente ficou após a invasão, além das marcas de sangue deixadas no ambiente. Depois do ocorrido no ano passado, com medo, a deputada por Goiás chegou a trocar o endereço do escritório. Questionada do porquê do local não ter câmera de vigilância, a parlamentar escreveu que, depois da mudança, não pagou para colocar em um novo local. “Tudo tem custo, mas no novo endereço pode ter certeza que terá” . Ao jornal, a deputada informou que o escritório tem alarme, mas não foram acionados no momento da invasão.

To Top