Esporte

Manchester United tem o elenco mais caro do continente europeu, diz relatório da Uefa

mixvale

Longe do protagonismo tanto no futebol inglês quanto no cenário europeu, o Manchester United vem chamando a atenção pelos investimentos que vem fazendo para tornar o seu time forte dentro de campo. Um relatório feito pela Uefa aponta a equipe do técnico Erik Ten Hag como a mais valorizada.

O relatório “Paisagem Europeia de Finanças e Investimentos de Clubes” indica que o Manchester United gastou pouco mais de 1,4 bilhão de euros, algo em torno de R$ 7,5 bilhões, para reforçar sua equipe.

O elenco da temporada 2022-23 incluía grandes transferências, como a dos brasileiros Antony e Casemiro, Harry Maguire e Jadon Sancho. O rival do United, Manchester City, ficou em segundo lugar naquela temporada, com um valor de elenco de 1,286 bilhão de euros, pouco mais de R$ 6,8 bilhões.

O terceiro posto entre os clubes que mais investiram também pertence a uma equipe do futebol inglês. O Chelsea completa o pódio com a cifra de 1,084 bilhão de euros em investimentos no seu elenco, valor aproximado de R$ 5,7 bilhões.

“Em 2022, as receitas dos 20 clubes de primeira divisão da Inglaterra foram quase tão altas quanto as receitas combinadas de todos os 642 clubes dos 50 países mais pobres”, disse o relatório.

O estudo acrescenta ainda que Real Madrid (841 milhões de euros/R$ 4,46 bilhões), Manchester City (836 milhões de euros/R$ 4,44 bilhões), Barcelona (815 milhões de euros/ R$ 4,43) e Paris Saint-Germain (807 milhões de euros/R$ 4,42 bilhões) tiveram as receitas mais elevadas em 2022.

To Top