Política

Moraes dá 5 dias para Zema explicar declaração sobre vacinação infantil

mixvale

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), deu cinco dias para o governador de Minas, Romeu Zema (Novo), explicar a declaração sobre a vacinação infantil.

O governador afirmou, em um vídeo gravado ao lado do deputado Nikolas Ferreira (PL-MG) e do senador Cleitinho (PL-MG), que não exigiria o cartão de vacinação completo para a matrícula de estudantes na rede pública.

“Todo aluno, independente de ter ou não vacinado, terá acesso às escolas”, disse na gravação publicada nas redes sociais.

Moraes abriu prazo para o governador enviar os esclarecimentos que considerar pertinentes. O ministro justificou que as informações podem ser úteis para verificar se o Governo de Minas está cumprindo a decisão do próprio STF que, no auge da pandemia, determinou a vacinação completa de menores de 18 anos contra a covid-19.

A ação contra Zema foi apresentada por parlamentares do PSOL de Minas. O processo pede a remoção do vídeo e que o governador seja proibido a acabar com a exigência da vacinação.

To Top