Últimas Notícias

Concurso Nacional Unificado: 900 mil ainda não pagaram taxa de inscrição; prazo termina hoje

mixvale

Termina nesta sexta-feira, às 23h59, o prazo de pagamento da taxa de inscrição no Concurso Nacional Unificado. Levantamento do Ministério da Gestão e Inovação, concluído por volta de 16h desta sexta, mostra que cerca de 900 mil candidatos ainda não pagaram a taxa.

Ao todo, mais de 2,65 milhões de pessoas demonstraram interesse na realização das provas, mas nem todos finalizaram o pagamento da taxa.

Concurso Nacional Unificado: SP, RJ e DF têm maior número de inscritos. Veja onde disputa é maior

Veja o que muda: sai Língua Portuguesa e entram questões sobre Ética e Diversidade no Concurso Unificado

Como será o pagamento?

O pagamento da taxa deve ser feito apenas por meio da Guia de Recolhimento da União (GRU), que pode ser paga no banco, ou via Pix, com o respectivo QR Code.

Qual o valor da taxa de inscrição?

Para os cargos de nível superior, a taxa de inscrição é de R$90, enquanto para o nível médio o valor é de R$ 60. Das 6.640 vagas previstas, 5.948 são para quem tem graduação, e 692 são de nível médio

O Concurso Nacional Unificado, popularizado como “Enem dos concursos”, terminou o período de inscrições com 2,65 milhões de participantes. Assim, serão cerca de 400 pessoas disputando cada uma das 6.640 vagas.

Concurso Nacional Unificado: ministra nega que língua portuguesa esteja fora do conteúdo programático

Porém, na prática, a concorrência varia de acordo com os critérios de cada função. O Ministério da Gestão planeja divulgar na próxima semana o perfil dos candidatos e vagas com maiores demandas.

As provas serão aplicadas em 5 de maio, em 220 cidades brasileiras. Todas as unidades federativas vão receber o exame para a seleção dos novos servidores. Haverá questões objetivas de conhecimentos gerais e específicos, bem como questões dissertativas por área de atuação.

Os salários iniciais variam de cerca de R$ 4 mil a quase R$ 23 mil, e os servidores começam a ser convocados já em agosto. A perspectiva é que esse modelo de concurso público pode ser feito a cada dois anos.

São Paulo: Enel tem dez dias para pagar multa de R$ 165 milhões à Aneel por apagão

Onde serão as provas?

Com 220 municípios recebendo a prova, a aplicação será feita em 5.141 locais como escolas e prédios públicos. Em todo o país, serão 77.242 salas e 46 candidatos por sala.

Onde os novos servidores vão trabalhar?

O “Enem dos concursos” prevê uma ampla distribuição das locais de trabalho para os novos servidores. Todas as 26 capitais, Brasília e algumas cidades do interior dos estados são citadas no edital, a depender das vagas e da necessidade dos órgãos.

Cronograma previsto para o Concurso Público Nacional Unificado:

05 de maio: aplicação das provas;

30 de julho: divulgação final dos resultados;

05 de agosto: início da convocação para posse e cursos de formação.

Dia da prova

Manhã (2h30 de prova)

Nível superior: provas objetivas de conhecimentos gerais (20 questões) + prova discursiva de conhecimento específico do bloco;

Nível médio: provas objetivas (20 questões) + redação.

Tarde (3h30 de prova)

Nível superior: provas objetivas de conhecimentos específicos (50 questões);

Nível médio: provas objetivas (40 questões).

To Top