Últimas Notícias

Esbarrão, mensagens e mentira sobre idade: como Vivi Noronha e Poze do Rodo se conheceram?

O cantor MC Poze do Rodo anunciou, na noite da última quinta-feira (28), que reatou o relacionamento com Vivi Noronha, com quem tem três filhos — Júlia, de 4 anos, Miguel, de 2, e Laura, de 1. Os dois, que estavam separados desde 2021, apareceram juntos no palco nesta madrugada, numa apresentação do funkeiro carioca em Lisboa, em Portugal, e deram um beijo diante da plateia, colocando um ponto final na série de rumores recentes envolvendo os nomes de ambos. Mas, afinal, quem é Vivianne Noronha, e como o casal se conheceu?

Detalhes: Maraisa entrega segredo para emagrecimento e mudança no visual: ‘Aprendi a gostar de mim’

Luto: ‘Eu sinto ele comigo’, conta Rômulo Arantes Neto sobre pai, morto em acidente de ultraleve em 2000

Jovem de 20 anos, Vivi Noronha se aproximou de Marlon Brandon Coelho Couto Silva — que hoje é conhecido pela alcunha artística de Poze do Rodo — na adolescência. Os dois moravam em locais vizinhos, na favela do Rodo, também chamada de Rollas, no bairro de Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. “A gente sempre se conheceu de vista, e eu odiava ele real (risos). Mas teve um dia que nos esbarramos e, juro para vocês, que tentei não mandar mensagem para ele… Mas não consegui (risos)”, relembrou ela, sobre o início do namoro.

Depois de muito conversarem por meio das redes sociais, a dupla combinou um encontro e deu o primeiro beijo no dia 26 de maio de 2018, como a jovem já revelou. “Ficamos mais de uma semana na casa da mãe dele”, contou ela, num post antigo no Instagram. À época, Vivi tinha apenas 14 anos. Poze do Rodo, por sua vez, tinha 19 anos. “Ele me levou para conhecer a família dele, e não conto a maior. Eu tinha 14 anos, e falei que tinha 15 para a família dele. Foi uma vergonha total, porque sou tímida. Muito mesmo”, recordou-se.

Nesse período, Poze do Rodo era envolvido com o tráfico de drogas, experiência que afirma ter largado pela música. “Ele era da vida errada, e teve um certo dia que ele foi baleado na perna. Eu com 14 anos ali com ele, abrindo mão de muitas coisas só para ajudar ele em tudo. Se fui julgada? Muita coisa. Ouvi muita coisa. Foi difícil. Mas sempre acreditei em dias melhores”, afirmou a jovem.

Entre idas e vindas com o rapaz, a adolescente engravidou — durante a gestação, aliás, os dois romperam o namoro por quase um mês. “No começo, a gente era meio maluquinho. Qualquer coisinha, a gente terminava, ia embora e depois voltava”, rememorou ela. Viviane deu à luz a Júlia em 2019. Depois, vieram Miguel e Laura, todos com diferença de idade de mais ou menos um ano.

Nesse período, Poze do Rodo foi preso por acusação de apologia ao crime, corrupção de menores e tráfico de drogas. “Não é uma marca muito maneira para mim, então nem tenho em mente. Foi lá em Mato Grosso, fazendo show, na época em que eu estava naquele pique”, contou o cantor, em entrevista recente, ao falar sobre os seis dias em que permaneceu na cadeia.

Poze e Vivianne estavam separados desde maio de 2021, quando o funkeiro revelou o fim da relação de forma pública. O fim da relação aconteceu pouco tempo depois de ambos anunciarem que a criadora de conteúdo, então com 17 anos, estava grávida do terceiro filho deles.

De lá pra cá, MC Poze não parou de aumentar a família. Em janeiro deste ano, ele anunciou que aguarda a chegada de seu sexto filho, fruto do recente relacionamento com Isabelly Pereira, e ironizou: “Neymar, vai ficar difícil você me alcançar”. O cantor também é pai de Jade, da relação com Isabelly Pereira, de 6 meses; e de Manuela, filha de Myllena Rocha, de 4 meses. O casamento com Isabelly chegou ao fim pouco antes de ele revelar que havia reatado com Vivianne.

Quem é Poze do Rodo?

Marlon Brandon Coelho Couto Silva — mais conhecido pela alcunha artística de MC Poze do Rodo — tem 24 anos e nasceu na Comunidade do Rodo, localizada em Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Ainda adolescente, ele se envolveu com o tráfico de drogas, experiência que afirma ter largado pela música. A realidade da favela em que cresceu está sempre presente em suas canções, algo que, por vezes, causa controvérsia.

Em 2019, ficou famosa uma música de MC Poze na qual ele presta um tributo para amigos que morreram. Ao mesmo tempo em que “Homenagem pra Tropa do Rodo” fazia sucesso em bailes funk no Rio, também despertava a atenção das autoridades. Em setembro daquele mesmo ano, durante um show em Sorriso, no Mato Grosso, MC Poze foi preso por apologia ao crime, corrupção de menores e tráfico de drogas.

É desta época, também, um vídeo em que policiais militares aparecem debochando do MC numa abordagem. Após ser obrigado a cantar uma de suas letras, Poze ouve de um agente: “MC de merda, hein?”. Já em liberdade, Poze lançou “Tô voando alto”, que viria a se tornar o seu primeiro hit, alcançando milhões de visualizações no YouTube.

De lá para cá, Poze se manteve entre os funkeiros mais badalados da cena nacional, lançando outras faixas de sucesso, como “Vida louca”, e participando de diversas parcerias (ou “feats”, no linguajar mais comum do meio) com nomes como MC Kevin o Chris, DJ Gabriel do Borel, MC Hariel, Xamã e Ferrugem.

Em 2022, Poze lançou seu primeiro EP, intitulado “O sábio”. O artista, que tem agenda de shows lotada, costuma postar nas redes sociais os momentos em que atende o público, tirando fotos com crianças e presenteando meninos que trabalham nos sinais de trânsito do Rio. Atualmente, mora numa mansão no Recreio, na Zona Oeste da cidade. Tem quase 14,5 milhões de seguidores no Instagram e 6,4 milhões de ouvintes mensais no Spotify.

To Top