Últimas Notícias

Mais cara do país, tarifa do metrô do Rio vai subir para R$ 7,50 em abril

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – A tarifa do metrô do Rio de Janeiro, a mais cara do país, vai ser reajustada a partir de abril. O novo valor — R$ 7,50 — supera o cobrado em capitais como Brasília (R$ 5,50) e São Paulo (R$ 5), por exemplo.

Reajuste da tarifa se baseia na inflação, que ficou em 4,5%. Para o cálculo, segundo o MetrôRio, foi considerada a variação do IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) entre janeiro de 2023 e janeiro de 2024.

Aumento está previsto no contrato de concessão do serviço. Além da variação da inflação, o cálculo também incluiu um aumento de R$ 0,30 decorrente do fim de subsídio praticado entre 2022 e 2024 pelo governo estadual. A nova tarifa de R$ 7,50 entrará em vigor a partir de 12 de abril, de acordo com o MetrôRio.

Passagem do metrô do Rio já é a mais cara do Brasil. A tarifa atual, de R$ 6,90, é bem maior do que a cobrada em São Paulo (R$ 5), por exemplo, cuja malha tem o dobro de extensão. As passagens em Brasília (R$ 5,50), Belo Horizonte (R$ 5,30), Porto Alegre (R$ 4,50), Recife (R$ 4,25), Salvador (R$ 4,10) e Fortaleza (R$ 3,60) também são mais baratas.

“O MetrôRio informa que, conforme previsto no contrato de concessão, a tarifa é atualizada com base na variação do IPCA, que foi de 4,5%, entre janeiro de 2023 e janeiro de 2024. (…) Neste ano, além da variação inflacionária, há um aumento de R$ 0,30 decorrente do fim de subsídio praticado entre 2022 e 2024 pelo governo estadual.”, disse o MetrôRio, em nota ao UOL.

To Top