Internacional

EUA pressiona Israel para desistir de incursão terrestre em Rafah

Autoridades americanas e israelenses mantiveram conversas virtuais nesta segunda, 1º, em meio a tentativas dos EUA para dissuadir Israel de avançar em seus planos de ataque terrestre contra o Hamas, na cidade de Rafah, no sul de Gaza. A reunião de mais de duas horas e meia por videoconferência foi descrita por ambos os lados como construtiva e produtiva. A Casa Branca pressionou Israel a tomar medidas mais direcionadas para matar ou capturar líderes do Hamas.

O presidente americano Joe Biden e a sua administração têm instado pública e privadamente Israel durante meses para abster-se de uma incursão em grande escala em Rafah sem um plano para realocar e proteger os civis. O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, insistiu que as forças israelitas devem ser capazes de entrar na cidade para erradicar os batalhões sem grandes perdas civis.

O conselheiro de segurança nacional dos EUA, Jake Sullivan, e o secretário de Estado, Antony Blinken, presidiram a reunião pelo lado dos EUA. O lado israelense foi liderado pelo conselheiro de segurança nacional israelense, Tzachi Hanegbi, e pelo ministro de Assuntos Estratégicos e confidente de Netanyahu, Ron Dermer.

To Top