Últimas Notícias

Guarda Civil Municipal de Campos dos Goytacazes apreende carro de monge com placa adulterada: ‘Foi doado na igreja’, alegou

Durante um patrulhamento na praça São Salvador, em Campos dos Goytacazes, na última quinta-feira, a Guarda Civil Municipal da cidade apreendeu um carro sob a conduta de um monge próximo ao Mosteiro de São Bento com placa adulterada. O condutor do veículo alegou que o carro era fruto de uma doação que a igreja recebeu. Os agentes o conduziram para a 34ª Delegacia de Polícia para prestar esclarecimentos.

Confira: Polícia Militar estica validade de coletes vencidos

Veja também: Passageiros da Rodoviária do Rio poderão pegar Uber em estacionamento do edifício

Na véspera do feriado da sexta-feira santa, os agentes perceberam que um veículo modelo fit mobi, na cor branca, estava estacionado na vaga de deficiente físico sem o adesivo obrigatório.

Quando a declarante foi autuar o veículo por estar estacionado indevidamente, percebeu que as placas do carro eram diferentes. A troca de um número fez com que, ao buscar mais informações, o agente contatasse na consulta que a placa da frente correspondia ao veículo. Porém, a da traseira constou como de um outro modelo de carro, um fiat estrada.

Com a divergência das placas, os agentes aguardaram o condutor do veículo chegar ao local. Dois monges se apresentaram como responsáveis.

Saiba mais: Policiais e empresário suspeitos de furto de máquina de cigarros na Cidade da Polícia são alvos de operação

O condutor, que se identificou como Ernesto de Oliveira Bellincanta, foi indagado sobre a divergência nas placas do veículo. O mesmo alegou que o veículo era fruto de uma doação que a igreja recebeu.

Diante dos fatos, todos foram conduzidos para a 34ª DP para esclarecimentos. Ainda não há detalhes da investigação. No registro de ocorrência, o caso foi considerado como um “caso atípico”.

To Top