Esporte

Fortaleza goleia os reservas do Boca Juniors no Castelão e segue 100% na Sul-Americana

O Fortaleza não tomou conhecimento dos reservas DO Boca Juniors-ARG e fez mais uma vítima na Arena Castelão. Com três assistências de Pochettino, o time nordestino dominou o rival argentino e venceu com autoridade por 4 a 2, nesta quinta-feira, pela terceira rodada da fase de grupos da Copa Sul-Americana. Lucero e Pikachu, duas vezes cada, foram os autores dos gols da vitória histórica.

Com três vitórias em três jogos, o Fortaleza soma nove pontos no Grupo D, abrindo cinco pontos do vice-líder Boca Juniors, com quatro. Somente os líderes da chave avançam de forma direta às oitavas, enquanto o segundo colocado participará de um playoff, contra os terceiros da Libertadores. O Sportivo Trinidense-PAR é o terceiro, com três. O lanterna é o Nacional Potosí-BOL, ainda sem pontuar.

Apoiado pela torcida, o Fortaleza imprimiu um bom ritmo no início de jogo e abriu o placar logo cedo. Pochettino aproveitou a falha da defesa argentina, roubou a bola e serviu Lucero, que bateu na saída do goleiro Romero.

Sem se intimidar, o Boca aos poucos foi ocupando o campo de ataque e chegou ao empate aos 20. Langoni puxou a marcação, tocou para Saralegui que cruzou para Merentiel finalizar. A igualdade deixou o jogo aberto. O Fortaleza seguiu trocando passes no ataque. Pikachu recebeu na área, finalizou bonito, mas nas mãos do goleiro.

Com o passar do tempo, o jogo foi se desacelerando. Presos na marcação e sem espaço, o Fortaleza pouco apareceu na reta final. Na segunda etapa, o Fortaleza voltou com a mesma estratégia de marcação pressão. Pochettino cobrou a falta na área e Lucero cabeceou com estilo para marcar mais um, aos cinco.

Sem deixar cair de produção, Pochettino deu belo lançamento para Pikachu, que bateu na saída de Romero e ampliou aos 10. Aproveitando o baleado time argentino, Pikachu marcou o quarto. Machuca cruzou na medida e o atacante, livre de marcação, completou para as redes com o peito, aos 17: 4 a 1.

Com a goleada parcial, o Fortaleza foi diminuindo o ritmo. O Boca aos poucos foi lançando os titulares e chegando com perigo. Desta forma, acertou com duas bolas na trave, antes de descontar aos 39, em chute de Zenón. Passado o susto, o time brasileiro voltou a priorizar a posse de bola, fechar os espaços e controlou a partida até o apito final.

O Fortaleza volta a campo no domingo, diante do Red Bull Bragantino, na Arena Castelão, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro.

To Top