Esporte

Atlético-MG faz 2 a 0 no Sport e abre vantagem na luta por vaga nas oitavas da Copa do Brasil

O Atlético-MG derrotou o Sport, por 2 a 0, nesta terça-feira, na MRV Arena, em Belo Horizonte, e abriu boa vantagem na briga por uma vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil. Com o resultado, a equipe mineira poderá perder por até um gol de diferença no jogo de volta, dia 22, na Arena Pernambuco, para seguir na competição. Já o time nordestino terá de vencer por três gols ou mais de vantagem. Se vencer por dois, a decisão será nos pênaltis.

O Atlético-MG impôs uma blitz sobre o Sport desde o primeiro instante da partida. Com isso, o time do técnico Gabriel Milito conseguiu criar boas chances para abrir o placar, mas pecou nas finalizações.

Aos 2 minutos, Guilherme Arana obrigou o goleiro Caíque França a fazer boa defesa. No minuto seguinte, o ex-lateral do Corinthians cruzou e Paulinho, na pequena área, tocou por cima do travessão.

O Sport resolveu reagir, mas deixou mais espaço para o Atlético-MG. Aos dez, Gustavo Scarpa chegou a marcar, mas o gol foi anulado pelo VAR. Aos 14, o meia canhoto arriscou colocado e quase fez um belo gol. Otávio, aos 27, de cabeça, após escanteio, errou por muito pouco.

De tanto tentar, o Atlético-MG saiu na frente do marcador, aos 28 minutos. Guilherme Arana fez novo cruzamento e Zaracho aproveitou, de cabeça, o rebote da zaga pernambucana: 1 a 0, Atlético-MG.

O ritmo intenso por quase todo o primeiro tempo fez o time do Atlético-MG aparentar cansaço pouco antes do intervalo. O Sport aproveitou para desafogar um pouco sua defesa e Gustavo Coutinho levou perigo à meta de Everson, aos 44 minutos.

No intervalo, uma confusão entre as torcida de Atlético-MG e Sport deixou o clima tenso na MRV Arena. O Atlético-MG voltou para a etapa final com o mesmo entusiasmo, mas mais organizado. Assim como no primeiro tempo conseguiu somar boas oportunidades. Aos 11, Scarpa mais uma vez levou perigo a Caíque França. Aos 12, saiu o segundo gol, marcado por Arana, após escanteio cobrado por Scarpa.

Com a intenção de deixar a vaga nas oitavas de final bastante encaminhada já no primeiro jogo, o Atlético não diminuiu a intensidade e Hulk acertou a trave aos 17 minutos. Aos 27, novo cruzamento de Arana para aproveitamento, desta vez, de Vargas. Mas o gol foi anulado por impedimento.

Empurrado pela torcida, o Atlético insistiu na busca pelo terceiro gol. Hulk tentou de longe, com muita força e a bola passou perto do gol, aos 34. Aos 51, o atacante acertou mais uma vez a trave. Apesar do esforço, o Sport conseguiu evitar mais gols e vai tentar reverter a situação no jogo de volta.

To Top