Economia

ATT: Bolsas da Ásia fecham sem direção única, após PMIs industriais chineses divergentes

Att. Srs. Assinantes,

A nota publicada às 5h59 contém um erro no segundo parágrafo. No lugar de Hang Seng, o certo é Xangai Composto. Segue versão corrigida abaixo.

São Paulo, 30/04/2024 – As bolsas asiáticas fecharam sem direção única nesta terça-feira, enquanto investidores digeriram números conflitantes da manufatura chinesa.

Na China continental, o dia foi de perdas: o índice Xangai Composto caiu 0,26%, a 3.104,82 pontos, e o menos abrangente Shenzhen Composto recuou 0,70%, a 1.756,08 pontos.

Pesquisa oficial mostrou que o PMI industrial chinês perdeu fôlego ao cair para 50,4 em abril, ante 50,8 em março, ainda sugerindo crescimento, mas se aproximando da marca de 50 que indica estagnação. Por outro lado, levantamento da S&P Global/Caixin Media estimou que o PMI da indústria da China avançou de 51,1 para 51,4 no mesmo período, atingindo o maior nível desde fevereiro de 2023. As sondagens oficial e da S&P Global usam amostragens diferentes.

O Taiex ficou igualmente no vermelho em Taiwan hoje, com baixa de 0,48%, a 20.396,60 pontos.

Em outras partes da Ásia, os mercados tiveram desempenho positivo, acompanhando Wall Street, que ontem acumulou ganhos pelo segundo pregão consecutivo. Voltando de um feriado, o Nikkei subiu 1,24% em Tóquio, a 38.405,66 pontos, um dia após suposta intervenção do governo japonês a favor do iene no mercado de câmbio, enquanto o sul-coreano Kospi avançou 0,17% em Seul, a 2.692,05 pontos, e o Hang Seng teve alta de marginal de 0,09% em Hong Kong, a 17.763,03 pontos.

Devido a feriados, os mercados chineses não irão operar entre quarta e sexta-feira. Também por causa de feriados, as bolsas de Hong Kong e de Taiwan permanecerão fechadas amanhã.

Na Oceania, a bolsa australiana terminou os negócios de hoje no azul, sustentada por ações financeiras e de mineradoras. O S&P/ASX 200 avançou 0,35% em Sydney, a 7.664,10 pontos.

To Top