Economia

Brasil perde 782 mil postos de trabalho no trimestre até março ante 4º tri de 2023, aponta IBGE

O Brasil perdeu 782 mil vagas no mercado de trabalho no trimestre até março, o primeiro de 2024, ante o último trimestre de 2023. Trata-se de uma queda de 0,8% na ocupação ante o trimestre anterior, informou nesta terça-feira, 30, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Com isso, a população ocupada somou 100,2 milhões de pessoas no trimestre encerrado em março.

Em um ano, a alta foi de 2,4% e mais 2,37 milhões de pessoas encontraram uma ocupação desde então.

Já a população desocupada aumentou 6,7% (542 mil pessoas a mais) em um trimestre, totalizando 8,6 milhões de desempregados no trimestre até março. Em um ano houve redução de 8,6% nesse grupo e 808 mil pessoas deixaram o desemprego desde então.

A população inativa ou fora da força de trabalho somou 66,9 milhões de pessoas no trimestre encerrado em março, 607 mil a mais do que no trimestre móvel anterior (+0,9%). Na comparação com um ano atrás, informou o IBGE, houve uma baixa de 0,1%.

O nível da ocupação – porcentual de pessoas ocupadas na população em idade de trabalhar – ficou em 57% no trimestre até março, 0,6 ponto porcentual abaixo do registrado no trimestre encerrado em dezembro de 2023, e 0,9 ponto porcentual acima do nível registrado um ano antes, no trimestre até março de 2023.

To Top