Últimas Notícias

Resolução que reduz juros do consignado do INSS é publicada no Diário Oficial da União

A Resolução 1.363, que recomenda ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que fixe o teto de juros do crédito consignado para aposentados e pensionistas em 1,68% ao mês, foi publicada em edição do Diário Oficial da União desta terça-feira.

Imposto de Renda: Conselho de Contabilidade faz ação de tira dúvidas em Itaboraí

Dia do Trabalhador: veja o que abre e o que fecha no Estado do Rio nesta quarta-feira

O texto também estabelece uma nova taxa para operações feitas por meio de cartão de crédito e cartão consignado de benefício. Antes, os percentuais eram de 1,72% e 2,55% ao mês, respectivamente, e agora passa a ser 2,49%.

As novas taxas passam a valer cinco dias após a publicação dessa decisão do CNPS no Diário Oficial da União.

Atualmente, o segurado do INSS pode comprometer até 45% do benefício com o empréstimo. Desse total, 35% são para empréstimo pessoal, 5% para cartão de crédito e 5% para cartão de benefício. Hoje, há 63.746.598 contratos de consignado ativos, informou o INSS.

Como conhecer as taxas

Os segurados podem consultar as taxas de juros praticadas pelas instituições financeiras por meio do portal do INSS ou no app Meu INSS e, assim, escolher a opção que é mais vantajosa. Veja o passo a passo:

Acesse o aplicativo ou o site Meu INSS

Na página inicial, onde há uma lupa, escreva “Taxas de Empréstimo Consignado”

Será aberta uma página com a lista de bancos e os juros praticados em cada um deles

Para ver mais bancos, basta rolar a página e clicar em “Ver mais”

Também é possível buscar pela instituição que o segurado quer pesquisar no alto da página, em “Pesquise por instituição”

To Top