Esporte

Renato Gaúcho cobra reforços após jogo ruim do Grêmio: ‘Não temos elenco para três competições’

A derrota para o Bahia no Brasileirão e o empate sem gols diante do Operário, em Ponta Grossa, pela Copa do Brasil, voltaram a deixar o técnico Renato Gaúcho irritado no Grêmio. O comandante anda indignado com a falta de opções e cobrou a diretoria para que traga reforços.

O técnico vem sofrendo para montar a equipe titular após algumas saídas e pelo alto número de desfalques. No Estádio Germano Krueger, ele não contou com Rafael Cabral (já defendeu o Cruzeiro na Copa do Brasil), Pedro Geromel, Reinaldo, Mayk, Mila, Pavón e Jhonata Robert, todos machucados.

“Estamos brigando em três competições, clube grande é assim. Mas, para falar a verdade, não temos grupo para disputar três competições”, disparou o técnico, reclamando, ainda, do cansaço. “A cada três dias disputamos uma final. O desgaste é muito grande”, afirmou.

Contra os paranaenses, ele se viu obrigado a trocar Pepê e Cristaldo ao longo da partida e o Grêmio caiu muito de rendimento. “Concordo que a equipe não desenvolveu um grande futebol”, admitiu, mais uma vez reconhecendo que apelará à categoria de base para buscar peças de reposição.

O Grêmio recebe o Criciúma no domingo e o treinador pode poupar algumas peças, pois na sequência tem nova decisão na Libertadores, em visita ao Huachipato, de quem perdeu em Porto Alegre. Depois, visita o Atlético-MG e encara o Estudiantes em série bastante dura.

To Top