Benefícios

Aposentadorias para homens com atualização de regras pelo INSS

previdencia social inss
Fernando Kazuo/ Shutterstock.com

A aposentadoria dos homens no Brasil segue regras específicas, que variam conforme a modalidade de aposentadoria escolhida. Com as recentes mudanças trazidas pela reforma da previdência, torna-se essencial compreender essas novas diretrizes para planejar adequadamente a aposentadoria.

Modalidades e Requisitos de Aposentadoria para Homens:

  1. Aposentadoria por Idade: Esta modalidade agora exige que o homem tenha 65 anos de idade e pelo menos 20 anos de contribuição. Anteriormente, o requisito era de 65 anos com 15 anos de contribuição.
  2. Aposentadoria por Tempo de Contribuição: Embora esta opção tenha sido praticamente extinta para novos contribuintes após a reforma, existem regras de transição para quem já estava no sistema. As regras de transição incluem pedágio de 50% e 100%, idade progressiva e sistema de pontos.
  3. Aposentadoria Especial: Destinada a quem trabalha em condições prejudiciais à saúde ou integridade física, esta modalidade sofreu alterações significativas, como a introdução de uma idade mínima para alguns casos, além da exigência de pontos em situações de risco.

Regras de Transição e Direito Adquirido:

  • Direito Adquirido: Aplica-se aos homens que já preenchiam os requisitos para aposentadoria antes de 13 de novembro de 2019, data da reforma da previdência.
  • Regras de Transição: Para aqueles que já contribuíam antes da reforma, mas não completaram os requisitos, as regras de transição podem oferecer caminhos alternativos para a aposentadoria, balanceando idade, tempo de contribuição e um sistema de pontos.

Cálculo do Benefício:

  • Aposentadoria por Idade: O cálculo para quem se enquadra nas regras novas é de 60% da média dos salários de contribuição, mais 2% para cada ano adicional de trabalho além de 20 anos.
  • Aposentadoria por Tempo de Contribuição e Especial: Para os que estão nas regras de transição ou novas regras, o cálculo começa também em 60% da média, com incrementos por tempo adicional de contribuição.

As regras detalhadas para cada situação específica garantem que os direitos previdenciários sejam ajustados de acordo com as contribuições e circunstâncias individuais de cada trabalhador. A complexidade do sistema exige que os interessados busquem informações precisas e, se necessário, auxílio profissional para navegar nas opções de aposentadoria

Solicitar Aposentadoria por Tempo de Contribuição

Serviço para pedir benefício para a pessoa que comprove o tempo mínimo de contribuição:

  • Homem – 35 anos
  • Mulher – 30 anos

Caso não tenha o tempo total necessário até o dia 13/11/2019, o INSS analisará a possibilidade de aplicar a regra de transição mais vantajosa, de acordo com a Reforma da Previdência (Emenda Constitucional 103).

Você pode simular a sua aposentadoria pelo Meu INSS. Para saber mais, acesse o serviço Simular Aposentadoria.
Este pedido é realizado totalmente pela internet, você não precisa ir ao INSS.

To Top